sexta-feira, 27 de junho de 2008

Tautologia

Vocês sabem o que é TAUTOLOGIA?

Tautologia é o termo usado para definir um dos vícios de linguagem.

Consiste na repetição de uma idéia, com palavras diferentes, na mesma frase, mas com o mesmo sentido. Ou seja, corresponde ao sinônimo de pleonasmo ou redundância.

Segundo fontes bibliográficas, a origem do termo vem de do grego tautó, que significa "o mesmo", mais logos, que significa "assunto". Portanto, tautologia é dizer sempre a mesma coisa em termos diferentes.

Os exemplos mais conhecidos são: "subir para cima" ou o "descer para baixo" ou, ainda, "entrar para dentro" ou "sair para fora". Mas, há outros, vejamos:

- A razão é porque;
- A seu critério pessoal;
- A última versão definitiva;
- Abertura inaugural;
- Acabamento final;
- Amanhecer o dia;
- Anexo junto;
- Atrás da retaguarda;
- A partir de agora;
- Abusar demais;
- Almirante da Marinha (Só existem almirantes na Marinha);
- Brigadeiro da Aeronáutica (Só existem brigadeiros na Aeronáutica);
- Certeza absoluta
- Como prêmio extra;
- Comprovadamente certo;
- Criar novos empregos;
- Compartilhar conosco;
- Completamente vazio;
- Comparecer em pessoa;
- Continua a permanecer;
- Conviver junto;
- Criação nova;
- Colaborar com uma ajuda / auxílio;
- Com absoluta correção/ exatidão;
- Destaque excepcional;
- Descer para baixo;
- De sua livre escolha;
- De comum acordo;
- Demasiadamente excessivo;
- Despesas com gastos;
- Detalhes minuciosos;
- Em caráter esporádico;
- Empréstimo temporário;
- Escolha opcional;
- Em duas metades iguais
- Encarar de frente;
- Exceder em muito;
- Expressamente proibido;
- Elo de ligação;
- Fato real;
- Freqüentar constantemente;
- Ganhar grátis;
- Goteira no teto;
- Gritar bem alto;
- General do Exército (Só existem generais no Exército);
- Há anos atrás;
- Habitat natural;
- Interromper de uma vez;
- Inovação recente;
- Juntamente com;
- Medidas extremas de último caso;
- Monopólio exclusivo;
- Multidão de pessoas;
- Murmurou bem baixo;
- Outra alternativa;
- Passatempo passageiro;
- Pescar peixe;
- Planejar antecipadamente;
- Possivelmente poderá ocorrer;
- Preconceito intolerante;
- Prefeitura Municipal;
- Propriedade característica;
- Retornar de novo;
- Repetir outra vez / de novo;
- Sentido significativo;
- Sair para fora;
- Sintomas indicativos;
- Sorriso nos lábios;
- Subir para cima;
- Superávit positivo;
- Surpresa inesperada;
- Todos foram unânimes;
- Terminantemente proibido;
- Última versão definitiva;
- Vandalismo criminoso;
- Velha tradição;
- Vereador da cidade.
- Viúva do falecido;
- Voltar atrás.

Todas essas repetições não são necessárias, portanto, devemos evitá-las. Pensem nisso!


2 comentários:

Jheniffer disse...

prof esse video e uma comedia adorei e e verdade !!

João Lucas disse...

eu ri muito com esse vídeo!
é muito engraçado!!!