segunda-feira, 14 de julho de 2008

20 de Julho: Dia do Amigo


Apesar de saber que amigo é “para toda hora”, neste mês, há um dia especial só para comemorar a Amizade.
 
Trata-se do dia 20 de julho, domingo próximo, que é o Dia do Amigo.
Pesquisando na rede, descobri que esta data surgiu em Buenos Aires, capital da Argentina, através do Decreto nº. 235/79, sendo posteriormente adotado por vários países no mundo todo, assim como o Brasil.

Quem teve essa idéia foi o argentino Enrique Ernesto Febbraro, inspirado com a chegada do homem à Lua, que ocorreu no dia 20 de julho de 1969 (conquista real ou fraude?).

Este fato não o marcou apenas em termos de conquista aeroespacial (dos EUA), mas pelo sentido de expandir os laços de amizade em outras partes do universo.
 
Pois bem, o Brasil também adotou o dia 20 de julho para comemorar o Dia do Amigo. E aproveitando a proximidade da data, vou compartilhar um texto que achei muito interessante, pois nos faz refletir sobre a importância de sabermos falar e ouvir o outro, principalmente, aqueles que consideramos amigos de verdade. Espero que gostem.
 
(Imagem capturada na rede)

SER AMIGO É UMA HONRA
Autoria desconhecida

Uma noite, estava sozinho em minha casa. Eram umas 23 horas quando recebi o telefonema de um querido amigo. Seu telefonema me deixou muito feliz e, a primeira coisa que ele me perguntou foi:

"Como você está?".
 
E eu lhe respondi: "Muito só...".
 
"Você quer conversar?".
 
Eu respondi que "sim".
"Você quer que eu vá até a tua casa?".
Eu respondi que "sim" novamente...
Desligou o telefone e em menos de quinze minutos lá estava ele tocando a minha campainha.
 
Eu comecei falando por horas de meu trabalho, minha família, minha namorada, meus problemas e dúvidas e, ele, atento me escutava.
Naquela noite eu estava muito cansado mentalmente e, a sua companhia me fez muito bem.
Além do mais, do começo ao fim ele me escutou, me apoiou e me aconselhou. Assim, quando ele notou que eu estava melhor ele disse:
"Bom, agora preciso ir trabalhar...".

Surpreso eu lhe disse:
- Amigo, porque não me disse antes que teria que ir trabalhar, veja que horas são, você não conseguiu dormir nenhum pouco, eu roubei seu tempo por toda noite.

Ele sorriu e disse:
- Não tem problema, para isso existem os amigos!

Ao ouvir isso fiquei feliz em saber que podia contar com um amigo assim. Eu o acompanhei até a porta de minha casa e quando ele caminhava até o seu carro, gritei:
"Psiu... amigo, porque me telefonastes tão tarde? O que você queria?"

Ele voltou e falou-me com voz baixa: - É que eu queria desabafar um pouco... te dar uma notícia...

E eu perguntei:- O que aconteceu?
- Fui ao médico e seu diagnóstico é que tenho uma doença incurável, assim, só posso esperar...

Naquele momento fiquei mudo. Ele sorriu e despediu-se: - Tenha um bom dia, amigo! Entrou em seu carro e se foi...

Precisei de um bom tempo para assimilar a situação e, até hoje me questiono:
"Porque quando ele me perguntou como eu estava, eu esqueci dele e só falei de mim? Como ele teve força para sorrir, ouvir-me e dizer tudo o que disse?A partir daquele dia minha vida mudou.
 
Deixei de ser tão crítico com meus problemas e de me preocupar somente comigo. Agora, aproveito o meu tempo para estar mais perto das pessoas que amo, perguntar como elas estão e me interessar mais por elas, sem esperar nada em troca. Tento sentir mais profundamente aqueles que estão a minha volta e aqueles que passam por minha vida...

Fazer um amigo é um dom!
Ter um amigo é uma graça!
Conservar um amigo é uma virtude!
Agora, você ser um amigo é uma HONRA!
 

Nenhum comentário: