domingo, 10 de agosto de 2008

10 de Agosto: Dia dos Pais

Hoje, segundo domingo de agosto, dia dos pais, fiquei a pensar no meu, Walter Pinto de Oliveira, que morreu em dezembro de 1992, vítima de assalto, na porta de casa, na Penha, Rio de Janeiro.

Encontrava-me na casa da minha mãe e as lembranças vieram mais fortes. Quanta saudade! Por alguns minutos, rezei e chorei...

Quero desejar a todos os pais, um Domingo muito especial e dizer, principalmente, aos filhos que ainda têm pais vivos, que saibam respeitá-los e amá-los.

Não deixem para amanhã, aquele abraço afetuoso e o beijo acompanhado pela frase “eu te amo, pai”.

Todo carinho e amor que temos, dentro de nossos corações, precisam ser manifestados e ditos.
Não deixem para amanhã, pois amanhã pode ser tarde demais...

Os gestos e as palavras podem ser perder pela ausência.


MEU ÍDOLO, MEU PAI...
Iara Melo

Fizeste-me vida
Carregaste-me colo
Ninaste-me noites sem fim
Acalmastes minhas dores
Abrandaste-me choro
Acompanhastes meu crescer
Seguraste-me nas quedas
dos primeiros passos
Feliz vias tua obra crescer
Trabalhastes incontáveis anos
Em prol do meu viver

Hoje pai,
Agradeço-te mais ainda
Pelo esforço,
Pelo carinho, pelo colo
Pela mão segura e amiga
Pela força doada
Quando o medo assolava
Vida minha
Fostes e és amparo,
Meu ídolo
Meu Pai, meu maior AMIGO
Meu Guia!

Felizes Dias Seus, Querido Pai.


Nenhum comentário: