sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Escola Solidária: Enchentes no Município de Campos de Goytacazes (RJ)

Imagem capturada da Internet



O final do ano passado e, ainda, até hoje (2009), o Brasil se viu e se vê solidário à situação calamitosa de algumas cidades brasileiras e de sua população em razão das chuvas constantes e das enchentes que, além de estragos e destruição materiais, causaram diversas mortes.

O estado mais afetado foi Santa Catarina e eu, inclusive, publiquei postagens a respeito do Vale do Itajaí (SC). Além deste, Minas Gerais e o Rio de Janeiro também sofreram muito com as chuvas intensas e constantes.

Ao mesmo tempo que estavamos arrecadando os donativos da II Campanha de Solidariedade para as Instuições de tratamento do Câncer, no mês de dezembro de 2008, pensamos em iniciar uma outra para atender a população afetada pelas chuvas e enchentes em Santa Catarina, que perdeu tudo ou quase tudo e se encontra em abrigos.

Estavamos já certos da nossa nova empreitada, quando soube na mídia que a Campanha "SOS Santa Catarina" estava solicitando água e material de higiene e limpeza ao invés de roupas e calçados. Segundo fontes da mídia televisiva, as doações destes recursos já eram suficientes para atender a demanda dos necessitados.

Achei melhor, então, direcionar a nossa Campanha para outra localidade, em igual situação caótica, onde as doações de roupas e calçados ainda se fizessem necessárias. Não tínhamos como iniciar uma Campanha para arrecadar água e material de higiene e de limpeza. Não tínhamos tempo suficiente e disponibilidade de assumir um compromisso maior.

Em razão disso, o grupo acabou concordando comigo que a outra Campanha de Solidariedade poderia ser para atender a população do município de Campos de Goytacazes, no estado Rio de Janeiro, duramente afetada pelas chuvas e enchentes, como vocês podem verificar nos vídeos abaixos:













Como estavamos no meio da II Campanha de Solidariedade (Câncer), dos Jogos Internos de Educação Física e das Provas Finais, arrumamos uma caixa enorme, que foi enfeitada com papel pardo e cartazes, solicitando roupas e calçados para Campos.

A caixa foi colocada na entrada do prédio da Secretaria e das Salas do 1º ao 5º ano do Ciclo de Formação (JI e antigo primário).

Foram poucos dias de permanência da caixa, mas a arrecadação - desta vez - superou as nossas expectativas.

Tivemos muito trabalho para guardar e separar as peças de acordo com a faixa de idade e sexo. Além da análise das condições mínimas de uso.

O grupo trabalhou intensamente e, o mais gratificante foi ouvir das próprias alunas envolvidas que elas "estavam felizes em ajudar os outros" e, também, saber que todo o nosso empenho e trabalho visavam aliviar a dor de pessoas que perderam muito em razão chuvas.

A Comunidade Escolar da E.M. Dilermando Cruz provou, mais uma vez, o quanto é solidária. Conseguimos arrecadar 17 sacos (100 litros) com roupas, calçados, roupa de cama, acessórios (bolsas e cintos) e brinquedos.


O problema foi conseguir o transporte das doações. A Defesa Civil do Rio de Janeiro não estava recolhendo as doações no local e, por isso, só nos restou pagar uma Kombi para fazer o transporte.


No dia 19 de dezembro (sexta feira), as alunas Raquel e Thaynara foram até a escola para me ajudar a terminar de ensacar as doações e etiquetar. Elas foram maravilhosas!

Os rapazes da Comlurb que trabalham em nossa Unidade Escolar e o Izael, também, nos ajudaram a descer com os 17 sacos de donativos.

A Raquel queria ir junto comigo para fazer a entrega das doações na Defesa Civil (Praça da bandeira), mas como ela não tinha autorização do seu responsável, a aluna Rachel da Turma 1801, que se encontrava na escola junto com a sua mãe foi autorizada pela própria a participar da entrega. Ela, também, estava sem uniforme.

Sendo assim e, devidamente registrado por fotos, eu, Rachel e Santy (motorista da Kombi) fizemos a entrega de todo o material arrecadado, cujo destino era para a população de Campos de Goytacazes.

Mais uma missão cumprida e, graças a todos os segmentos da Comunidade Escolar!







Separação dos calçados (uso de luvas)































Nenhum comentário: