quinta-feira, 4 de junho de 2009

05 de Junho: Dia Mundial do Meio Ambiente

Amanhã comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente e, a cada ano que se passa, fico indignada com a falta de postura e de respeito das pessoas em relação ao meio ambiente.

Devido a evolução humana e o próprio desenvolvimento das cidades, Meio Ambiente abrange também o espaço onde vivemos.

Muitos por terem, ainda, uma visão naturalista o definem estritamente a paisagens naturais, ou seja, paisagens onde os elementos artificiais (humanos) não ocorrem ou aparecem em minoria.

Daí, a razão - ao meu ver - de tanta degradação do patrimônio público e privado, da sujeira nas ruas e no interior dos ônibus, entre outros. No próprio ambiente escolar, com pichações nas mesas, nas paredes e nas portas, lixo no chão etc.

A verdadeira Educação Ambiental começa em casa, mas a escola tem o fundamental papel de ensinar e conscientizar sobre a importância da conservação do meio ambiente, seja este natural ou humano.

Estou realizando uma atividade diagnóstica, com as turmas, a respeito dos conceitos apreendidos acerca do Meio Ambiente. Quando eu terminar de tabular todas as informações coletadas, vou postar no Blog.

Há um ano, neste mesmo espaço, postei um texto acerca da relação do Homem com a Natureza e compartilho o mesmo, novamente.



RELAÇÃO HOMEM VERSUS NATUREZA
Marli Vieira


É bastante
comum realizarmos,
por ocasião do Dia Mundial do Meio Ambiente,
atividades didáticas
voltadas para a questão ambiental.

Entretanto, em geral,
a nossa concepção de Meio Ambiente
é ainda estritamente de caráter natural.

Vemos o homem separado da Natureza,
como se este fosse o telespectador e
a natureza, o cenário.

No entanto, fazemos parte deste cenário
e este, ao contrário, de ser essencialmente natural;
é um cenário
construído e modificado
pelo homem.

E assim como ocorre com relação ao homem,
todos os elementos da natureza
se encontram mutuamente
interligados e interdependentes.

Sendo assim, a destruição da natureza
nada mais é que a nossa própria destruição.

Sejamos mais conscientes
da importância de nossas
atitudes conservacionistas
perante a este cenário ou espaço
em que vivemos.

Pois o maior prejudicado
é o próprio homem,
que tem inteligência e
não sabe usá-la adequadamente.

Nenhum comentário: