terça-feira, 23 de junho de 2009

Mensagem: Coisas que a vida ensina depois dos 40

Imagem capturada da Internet

Nossa, tem 10 dias que eu não posto alguma mensagem! Mas, estive atarefada com trabalhos e provas, casamento da minha sobrinha, minha filha doente e eu, também. Ontem, mesmo, eu parei no hospital (glicose alta) e hoje, amanheci com muitas dores na coluna. É, a coisa está feia...

Este mês, meu marido completou 49 anos e, em novembro, sou eu. Estamos caminhando para a chamada "idade do meio século"...

Em razão disso, resolvi compartilhar uma mensagem, que considero perfeita. Ela vem de encontro aos fatos como ocorrem no cotidiano das pessoas que já atingiram os 40 anos. Bom, na maior parte das vezes, é claro!




COISAS QUE A VIDA ENSINA DEPOIS DOS 40
Artur da Távola



Quando nós chegarmos aos 40, nós todos saberemos que:


Amor não se implora, não se pede não se espera... Amor se vive ou não.

Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.

Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade.

Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.

As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.

Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.

Deus inventou o choro para o homem não explodir.

Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.

Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.

A criatividade caminha junto com a falta de grana.

Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.

Amigos de verdade nunca te abandonam.

O carinho é a melhor arma contra o ódio.

As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

A música é a sobremesa da vida.

Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.

Filhos são presentes raros.

De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças acerca de suas ações.

Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor.

O amor... Ah, o amor... O amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos, cura doenças. Não há vida decente sem amor!

E é certo, quem ama, é muito amado. E vive a vida mais alegremente.

5 comentários:

Tamiris Neves *--* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tamiris Neves *--* disse...

Professora, amei o texto é lindo! Bem, tem coisas que só com o tempo agente aprende mesmo, quando a vida já lhe ensino tudo o que devia, você para e pensa e vê que tudo do texto é verdade.

Profª Ednéia disse...

Marli,
domingo - 28/06, faço 42 anos e essa mensagem veio como um presente!Abraços,
Ednéia - Marialva - PR

Marli Vieira de Oliveira disse...

Tamiris, com certeza, com o tempo, a própria maturidade do ser o coloca numa condição de efetiva compreensão como as coisas são, realmente.

Você é ainda muito nova, mas já tem algo a seu favor: maturidade para sua idade, autonomia e curiosidade em assuntos desconhecidos e conhecidos. Você está aprendendo a cada dia.

A mensagem é fato! Só o tempo nos mostra isso. Falo, com a segurança dos meus 48 anos.

Beijos

Marli Vieira de Oliveira disse...

Ednéia, nossa, que coincidência, não?! Fico feliz por ter gostado. Aproveito para lhe dar os parabéns! Muitas felicidades, saúde e luz na sua caminhada como profissional da Educação.

Saudades da EACs, viu?! Quem sabe, na próxima, estaremos juntas de novo.

Beijos