quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Gripe H1N1: 421 mortes no Brasil


Imagem capturada na Internet


Conforme prometi aos alunos, eu iria atualizar os dados sobre a Gripe H1N1, pois a minha última postagem a respeito desta foi na 6ª feira passada (14/08).

O Ministério da Saúde divulgou o número de mortes ocorrido até o dia 15 de agosto, o qual já ultrapassava os 368 óbitos.

Ontem, com os novos óbitos ligados à gripe H1N1 no Rio Grande do Sul e no Paraná, o quantitativo de mortes no país chegou a 421 pessoas.

São Paulo permanece na primeira posição como o estado com o maior número de mortes pela nova gripe (151 óbitos), seguido pelo Paraná (119), Rio Grande do Sul (84), Rio de Janeiro (45), Santa Catarina (10), Minas Gerais (7), Paraíba (2) e uma morte no Distrito Federal e nos seguintes estados Bahia, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco e Rondônia.

Houve uma queda no número absoluto de casos graves pelo vírus Influenza A e, segundo o Ministério da Saúde, este recuo pode ser um sinal de que a doença se encontra em fase de retrocesso.

Mas, apesar deste indicativo de diminuição, no cenário mundial, entre os países com o maior número de mortes provocadas pelo nova Gripe, o Brasil permanece em 3° lugar, atrás dos EUA e da Argentina.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário: