sábado, 21 de novembro de 2009

Poesia: Consciência Negra

Ainda sob o ensejo das comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra, que foi ontem, gostaria de compartilhar a poesia abaixo. Ela foi extraída do Site de Poesias, página do mesmo autor e sob a sua autorização.



CONSCIÊNCIA NEGRA
José Cristiano Cruz Lunguinho



Meu Deus, não aguento o mundo em que vivo!
Fui oferecer ajuda e me deparei com o racismo
De que importa se minha pele tem essa cor
Não é porque sou negro que serei um infrator



Por que não aceitar?
Irmãos que estamos a discriminar
Que diferença faz a cor
Se sentimos a mesma dor

Pensamentos diferentes
Mas seres iguais
Cores diferentes
Porém todos mortais



Viver em harmonia
Todos deveriam
Sem guerrear nem brigar
Pra todos se amar



Amar o seu próximo
A solução para o mundo
Todos felizes
E a inexistência do submundo

Um comentário:

mile rodrigues soares disse...

o preconceito e muito ruim para mim pq para mim nao importa a cor e sim o amor de cada uma das pessoas pois somos o que somos e niguem pode mudar isto pois o mundo esta cheio de preconceito e rascismo pois nois vivemos assim obrigada ..... viva longe do preconceito e tera uma vida melhor .ass:milena rodrigues soares