segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Campanha de Solidariedade ao Haiti: We are the World - 25 For Haiti

Imagem capturada na Internet (Google)




Apesar de muitas críticas, como a participação de alguns astros convidados, da própria regravação de um clássico, entre outras, no dia 12 de fevereiro, durante a celebração da Abertura das Olimpíadas de Inverno em Vancourver, no Canadá, foi apresentada a regravação do clássico “We are the World”, numa versão resumida de três minutos.

A versão original da referida música, gravada há 25 anos (1985), foi composta por Michael Jackson e Lionel Richie, tendo a participação de 45 artistas estadunidenses de grande projeção mundial, tais como Ray Charles, Bruce Springsteen, Diana Ross, Stevie Wonder, Tina Turner, Cyndi Lauper, Bob Dylan e outros, além dos próprios compositores acima citados.

Na época, o seu principal objetivo era arrecadar fundos para o combate à fome na África, especialmente na Etiópia.

A maior parte da arrecadação (gravações, videoclipe e merchandising), avaliada em 55 milhões de dólares, foi destinada à “USA for Africa Foundation”.

O ato de solidariedade, no entanto, foi alvo de ataque de alguns críticos, que alegaram que o dinheiro arrecadado foi entregue aos governos dos países, muitos dos quais sob regime militar, ao invés de destinar à população local.

Desta vez, o remake, intitulado We are the World – 25 for Haiti, além de marcar as comemorações dos 25 anos da primeira gravação, está voltada para uma causa justa, humanitária, isto é, arrecadar fundos para as vítimas do terremoto no Haiti, que arrasou com a capital do país (Porto Príncipe), no dia 12 de janeiro do ano em curso, matando cerca de 233 mil pessoas.

A convite do cantor Lionel Richie e do produtor Quincy Jones, a canção We are the World – 25 for Haiti teve a participação de mais de 70 vozes de artistas de diferentes gêneros musicais.
E, mesmo sem a presença do inesquecível e um dos compositores do sucesso original, Michael Jackson, morto em junho de 2009, o novo clipe apresenta imagens do mesmo, reeditadas da versão original.

A exceção desta inovação tecnológica, que destaca a presença irreal de Michael jackson, nenhum artista da primeira versão da música participou deste segundo clipe. Nem mesmo Lionel Richie participou, cantando com os demais artistas.

O novo clipe contou com a participação de cantores renomados como Barbra Streisand e Tony Bennett, que se uniram a Celine Dion, Fergie, Snoop Dogg, Jamie Foxx, LL Cool J, Miley Cyrus, Jonas Brothers, Kanye West, Justin Bieber e Lil Wayne, entre outros, em prol do Haiti pós-terremoto.

Tanto a primeira quanto esta segunda versão foram produzidas por Quincy Jones e gravadas no A&M Studios, em Hollywood, Califórnia (EUA).

O remake já sofreu diversas críticas negativas, muitas das quais em concordância com a minha opinião. Estas perpassam em diferentes aspectos, como por exemplo, a participação e ausência de determinados artistas; as imagens de crianças “felizes” sobre escombros em um país arrasado pelo terremoto; a mudança do ritmo para o rap e a própria regravação de um clássico de grande sucesso.

Eu não sou contra o remake, pois acaba sendo intencional o seu objetivo, igualmente, de caráter humanitário; a ausência de certos artistas também me frustou, mas não posso ser contra a presença de nomes novos da área musical, inclusive, aqueles de preferência do público jovem.

Porém tenho que concordar quanto às imagens, pois acredito que os efeitos seriam mais impactantes se estas mostrassem a situação vigente no país e, não, embalada por um toque musical, como também, a introdução de uma versão de rap no meio do clipe.

Não sou contra o rap, mas a mudança fez com que a segunda versão perdesse em muito na qualidade, principalmente, face a autencidade com o clássico.

Críticas à parte, o remake da música We are the World – depois de 25 anos – propõe mobilizar a todos – numa corrente de solidariedade – ao país mais pobre do continente americano, arrasado mais ainda após um evento sísmico de grande magnitude.

Seu objetivo é nobre e todo o dinheiro arrecadado será encaminhado a uma fundação de ajuda às vítimas no Haiti.

Vejamos a letra e tradução da música em questão...




WE ARE THE WORLD

There comes a time, when we hear a certain call

When the world must come together as one

There are people dying

And it's time to lend a hand to life

The greatest gift of all


We can't go on pretending day by day

That someone, somewhere will soon make change

We are all a part of God's great big family

And the truth you know

Love is all we need


chorus:


We are the world, we are the children

We are the ones who make a brighter day

So let's start giving

There's a choice we're making

We're saving our own lives

It's true we'll make a better day, just you and me

Send them your heart so they know that someone cares

And their lives will be stronger and free

As God has shown us by turning stones to bread

And so we all must lend a helping hand


-chorus repeat


When you're down and out, there seems no hope at all

But if you just believe there's no way we can fall

Let us realize that a change can only come

When we stand together as one


Chorus repeat x5



Tradução


NÓS SOMOS O MUNDO


Chega um momento, quando ouvimos uma certa chamada
Quando o mundo tem que vir junto como um só
Há pessoas morrendo
E está na hora de dar uma mão a vida
O maior presente de todos

Nós não podemos continuar fingindo todos os dias
Que alguém, em algum lugar irá mudar
Todos nós somos parte da grande família de Deus
E a verdade
Você sabe que o amor é tudo que nós precisamos

Refrão:
Nós somos o mundo, nós somos as crianças
Nós que fazemos um dia mais brilhante
Assim comecemos nos dedicando
Há uma escolha que nós estamos fazendo
Nós estamos salvando nossas próprias vidas
É verdade que nós faremos um dia melhor, só você e eu

Lhes envie seu coração assim eles saberão que alguém se preocupa
E as vidas deles serão mais fortes e independentes
Como Deus nos mostrou transformando pedras em pão
E por isso todos nós temos que dar uma mão amiga

refrão

Quando você está acabado, e não aparece nenhuma esperança
Mas se você acredita que não há nenhum modo que nos faça cair
Nos deixa perceber que uma mudança só pode vir
Quando nós nos levantamos junto como um só

Refrão (cinco vezes)

Assistam, também, no YouTube, o clipe da nova versão (We are the World - 25 For Haiti) ou aqui, neste espaço...


Nenhum comentário: