sábado, 22 de maio de 2010

Cenas inusitadas marcam o encontro do ambientalista Damian Aspinall com o gorila Kwibi


A outra matéria que me chamou a atenção, também, hoje, foi o encontro de um antigo tratador e um gorila. O encontro foi no mês passado, mas as imagens eu assisti, hoje, em jornal de uma emissora de televisão e fiquei fascinada. Pode até parecer exagero, mas fiquei mesmo!

Pesquisei na Internet e descobri que o seu tratador, Damian Aspinall, é um ambientalista que trabalha na Fundação John Aspinall (deve ser da família), cuja linha de trabalho é reintegrar gorilas à vida selvagem, ou seja, ao seu habitat natural. A Fundação Aspinall funciona em um parque de vida selvagem, chamado Howletts, localizado na Inglaterra.

Por meio da Fundação, os animais são tratados até estarem prontos para serem transferidos para uma reserva florestal no Gabão (África).

O interessante foi o encontro do ambientalista com um gorila, o Kwibi, que foi criado no Parque Howletts pelo referido ambientalista e, em 2005, fora encaminhado para a reserva florestal no Gabão.

Foram cinco anos de distanciamento entre ambos e, o momento do reencontro foi sob tensão, afinal o que Damian Aspinall sabia era que, há alguns anos, Kwibi já havia atacado duas pessoas e era impossível saber - ao certo - como seria a sua reação.

Em abril passado, o ambientalista voltou à Reserva Florestal no Gabão para tentar encontrar Kwibi. Por várias horas chamou o gorila e, para sua surpresa, logo depois, ele apareceu.

Apesar do clima tenso, principalmente para o ambientalista, o gorila mostrou-se lembrar do seu criador e interagiu carinhosamente com este. O gorila Kwibi comeu na mão do seu antigo criador, assim como o abraçou e trouxe sua família para junto deles.

Assista o vídeo abaixo.

Fonte: Blog Animal - Época

Nenhum comentário: