terça-feira, 25 de maio de 2010

Temperaturas negativas e até neve no Rio de Janeiro


 


Imagem capturada na Internet (Fonte: Skyscraper City)



O título parece até "pegadinha", algo difícil de se imaginar em nosso estado, mas não é.

Como vimos anteriormente, os principais fatores que determinam o clima são a latitude e a altitude.

Em função da relação latitude versus radiação solar, a Terra se encontra dividida em cinco Zonas Térmicas ou Domínios Climáticos, a saber: Zona Polar Ártica; Zona Temperada do Norte; Zona Tropical (ou Intertropical); Zona Temperada do Sul e Zona Polar Antártica.
Cada uma delas apresenta características ambientais e demográficas distintas (vide matéria postada em 06/10/2008).

Contrariamente ao trecho da música "País Tropical" (Jorge Ben Jor), onde afirma que "Moro num país tropical, abençoado por Deus...", o território brasileiro não está localizado em apenas uma, mas sim, em duas zonas térmicas.

Não resta dúvida que a maior parte do território brasileiro se encontra na Zona Tropical (ou Intertropical), tal como a música referencia. E, em função disso, sabemos e sentimos na pele suas características climáticas principais, isto é, temperaturas e umidade elevadas.

Contudo, a porção Sul do país faz parte da Zona Temperada do Sul. Daí, a ocorrência de geadas e quedas de neve no inverno em algumas localidades da região Sul brasileira.
O Rio de Janeiro, portanto, está localizado na zona Tropical, ou seja, na zona mais quente e úmida do planeta. Mas, e a neve?


 

Imagem capturada na Internet (Fonte: Geo7)








A neve...

Bom, além da latitude, temos a altitude, que também é um fator determinante do clima.
A altitude corresponde à altura de um ponto qualquer da superfície terrestre em relação ao nível do mar. A cada 200 metros de altitude, a temperatura diminui cerca de um grau Celsius.


Imagem capturada na Internet (Fonte: Geoportal)


Como o Rio de Janeiro é um estado montanhoso, tendo áreas de baixadas, além do clima tropical, predomina também o clima de altitude (regiões serranas), onde as temperaturas são mais baixas.

E é neste ponto que quero chegar!

Muitos alunos que já tiveram a oportunidade de conhecer os municípios de Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo e outros da região serrana já confirmaram que repararam na existência de chaminés em muitas residências, bem como observaram a mudança de temperaturas (em comparação com o município do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense) e a ocorrência de algumas araucárias (araucária angustifólia, o Pinheiro do Paraná).

Pois bem, sob a influência da altitude, o Rio de Janeiro já registrou temperaturas baixas de até dez graus negativos, assim como uma precipitação nival (neve) que chegou a 1 metro de altura, em 1985. Onde?

No Pico das Agulhas Negras, ponto culminante de nosso estado, com cerca de 2.792 metros de altitude.

O Pico das Agulhas Negras faz parte da Serra da Mantiqueira, na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, e integra o Parque Nacional do Itatiaia (o mais antigo do país, datado de 1937).

A precipitação de neve que ocorreu em junho de 1985 foi considerada atípica e atraiu bastante turistas. Vejam algumas fotos publicadas na Internet, acessando aqui, o Skyscraper City. Vejam algumas, abaixo, do mesmo link.












Geada









Geada


No ano passado, 2009, as temperaturas chegaram a menos três e menos cinco graus Celsius. Assistam a reportagem produzida pelo RJTV (Cassiano Rolim - Vídeo)















2 comentários:

Bruna Zayanne disse...

Engraçado como isso pode acontecer no Rio!! A altitude e a latitude fazem milagres. A latitude é um fator determinante para que, aqui no nosso estado, ocorra a neve... Nas serras principalmente: Petrópolis, Teresopolis, Nova Friburgo e ai por diante! Mas... Existe a possibilidade de nevar em algum ponto do Rio?
Bruna Zayanne 1003 numero- 41!

Marli Vieira de Oliveira disse...

Bruna Zayanne, no nosso estado já houve a ocorrência de neve, mas o fator não foi a latitude, pois a maior parte do território brasileiro se encontra na zona mais quente e úmida do planeta, que é a Zona Tropical ou Intertropical. O nosso clima é quente, só a Região Sul do Brasil que situa-se na Zona Temperada do Sul, apresentando condições climáticas distintas.

Em nosso estado, mais especificamente, no Pico das Agulhas Negras, a temperaturas chegam ser negativas e até nevar (como foi em 1985, por exemplo)no inverno em razão da ALTITUDE.


Teresópolis, Petrópolis e outros municípios da Região Serrana apresentam temperaturas mais baixas devido, também, a altitude, mas não tão elevada a ponto de nevar.

Fiquei feliz com a sua visita, beijos