sexta-feira, 11 de junho de 2010

Copa 2010: Ausência justificada de Nelson Mandela no Jogo entre a África do Sul e o México

A bisneta de Nelson Mandela que faleceu é a de camiseta verde, à esquerda

Imagem capturada na Internet (Agência AP - publicada no Globo.com)

Atualizado em 12/06/2010 às 06h45m


Devo admitir que torci pelaseleção da África do Sul no jogo inaugural da Copa do Mundo, que aconteceu às 11h (16h no horário sul-africano), nesta sexta-feira, no estádio Soccer City, em Joanesburgo. É claro que eu não pude assistir o jogo todo por causa das aulas no turno da manhã, mas pude assistir o final do segundo tempo.

Apesar de sua seleção ter jogado com um país latino-americano, o México, torci que a seleção sul-africana ganhasse, afinal, eles eram os donos da casa e da festa. E, perder logo de primeira não seria nada agradável.

Além disso, eles jogaram bem (pelo que eu pude ver) e a equipe contava com um brasileiro no comando, o técnico Parreira.

Durante a transmissão do jogo, o comentarista ainda mencionou a ausência de Nelson Mandela no estádio. Eu estranhei, pois este não esteve presente na Abertura do referido evento esportivo e nem neste primeiro jogo (África do Sul x México).

Pois bem, agora - à noite - li a notícia que a sua ausência nesta partida foi devido a morte trágica e prematura de sua bisneta Zenani Mandela Junior, de 13 anos, em consequência de um acidente de carro.

A adolescente faleceu na madrugada desta sexta feira, às 0h35m (horário local na África do Sul), após o carro de sua família se envolver em um acidente de carro na saída da cerimônia de Abertura da Copa 2010.

Nelson Mandela não gosta de aparecer em público, principalmente, em eventos deste porte e, apesar, dele não ter confirmado a sua presença neste primeiro jogo, sua ausência foi sentida e comentada.

Nelson Mandela se casou três vezes e teve nove filhos, além dos netos e bisnetos. Sua história de vida, tal como é referenciada nas mídias, é marcada por tragédias, principalmente, ligadas a perdas de membros familiares.

Uma de suas filhas, Malaziwe Mandela, faleceu com nove meses de idade. A causa de sua morte, eu desconheço. Em razão disso, o casal Mandela decidiu batizar a filha seguinte com o mesmo nome da criança falecida.

Outros dois filhos deste também faleceram. O primeiro, Madiba Thembekile, morreu em consequência de um acidente de trânsito, em 1969. Nesta época, período do Apartheid na África do Sul, Mandela se encontrava na prisão de Robben Island. Sua mãe também faleceu neste período em que esteve na prisão.

O seu segundo filho, Makgatho Mandela, faleceu em 2005, em consequência de complicações decorrente do vírus HIV (AIDS).

A África do Sul como toda a África subsaariana é marcada pelos altos índices de pessoas infectadas pelos vírus HIV. Sendo que a África do Sul é o país africano que mais sofre com a AIDS, apresentando o maior número de pessoas contaminadas pelo vírus HIV no mundo.

Pois bem, além da perda recente de sua bisneta após a Abertura da Copa do Mundo em seu país, África do Sul, em 2008, outra perda humana marcou a sua vida. Sua neta Kefuoe Seakamela morreu afogada.



Fontes:

. DST-AIDS

. Globo.com

. Terra

Um comentário:

Tamiris - 1901 disse...

Eu também soube do ocorrido professora.Deu uma pena dele, o momento em que o país que ele lutou tanto devido o Apartheid, agora estava feliz por ter conseguido um evento tão grande e ele não pode comemorar junto, e com sua família.A eu também soube que o motorista que levava ela estava alcolizado.