domingo, 21 de novembro de 2010

Mensagem: Encontrei Minhas Origens



Ontem, eu sai com a minha filha às 11 h e só retornei às 16h. À noite (19 h) fui para a casa da minha mãe e só retornei, hoje, às 17 h. Queria postar mais sobre a data de ontem, Dia da Consciência Negra, mas não tive como.

Pensei em algo diferente, ainda mais, que já postei sobre a origem da data no ano passado (vide matéria). Daí, veio-me a ideia de procurar o poema da propaganda da Caixa, o qual achei muito bonito. Seu autor é o professor de Língua Portuguesa, poeta e pesquisador gaúcho, Oliveira Ferreira da Silveira, que justamente foi um dos idealizadores da data em homenagem aos povos afrodescendentes e toda a sua cultura.

Pesquisei e achei não só o poema como o vídeo, os quais estou compartilhando neste espaço a fim de que todos o conheça.




ENCONTREI MINHAS ORIGENS
Oliveira Ferreira da Silveira


Encontrei minhas origens
Em velhos arquivos
Livros

Encontrei
Em malditos objetos
Troncos e grilhetas
Encontrei minhas origens
No leste
No mar em imundos tumbeiros

Encontrei
Em doces palavras
Cantos

Em furiosos tambores
Ritos

Encontrei minhas origens
Na cor de minha pele
Nos lanhos de minha alma

Em mim
Em minha gente escura
Em meus heróis altivos

Encontrei
Encontrei-as, enfim
Me encontrei.



Assistam o vídeo!


Um comentário:

Bruna Kely. disse...

Bonito poema que você achou professora. Adorei :*