sábado, 5 de março de 2011

Mensagem: Que Tipo de Pessoas Vivem neste Lugar?


Eu, particularmente, adoro esta mensagem, pois ela é fato. É uma questão de eco, de espelho... de retorno.

QUE TIPO DE PESSOAS VIVEM NESTE LUGAR?

Autor Desconhecido

Conta uma popular lenda do Oriente, que um jovem chegou à beira de um oásis, junto a um povoado e, aproximando-se de um velho, perguntou-lhe:

- Que tipo de pessoas vive neste lugar?

- Que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem? Perguntou, por sua vez, o ancião.

- Oh! Um grupo de egoístas e malvados. Replicou-lhe o rapaz. Estou satisfeito de ter saído de lá.
A isso, o velho replicou: A mesma coisa você haverá de encontrar aqui.


No mesmo dia, um outro jovem se acercou do oásis para beber água e vendo o ancião, perguntou-lhe:

- Que tipo de pessoas vive por aqui?

O velho respondeu com a mesma pergunta:

- Que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem?

O rapaz respondeu:

- Ah! Um magnífico grupo de pessoas, amigas, honestas, hospitaleiras. Fiquei muito triste por ter de deixá-las.

- O mesmo encontrará por aqui. Respondeu o ancião.

Um homem que havia escutado as duas conversas, perguntou ao velho:

- Como é possível dar respostas tão diferentes à mesma pergunta?

O velho, pondo suas mãos trêmulas em seu ombro, respondeu-lhe:

- Cada um carrega no seu coração o ambiente que deseja viver. Aquele que nada encontrou de bom nos lugares por onde passou, não poderá encontrar outra coisa por aqui e nem em outro lugar. Aquele que encontrou amigos, também os encontrarás aqui e em qualquer lugar que for.

Somos todos viajantes no tempo e o futuro de cada um de nós está escrito no passado. Ou seja, cada um encontra na vida aquilo que traz dentro de si mesmo, em seu coração. O presente e o futuro somos nós que criamos e isso só depende de nós mesmos.


2 comentários:

Patrícia disse...

Olá, amei esta mensagem. Beijos...

Marli Vieira de Oliveira disse...

Patrícia,

Que bom que você gostou. Eu também a considero como uma verdade única.

Obrigada por comentar.

Abraços