sábado, 30 de abril de 2011

30 de abril: Dia Nacional da Mulher


Mulheres - Imagem capturada na Internet (Fonte: Repórter Net)


Hoje, 30 de abril, é comemorado o Dia Nacional da Mulher, mas poucos sabem desta data comemorativa e a sua origem.

Embora, eu trabalhe há anos com a referida data e as questões que permeam a evolução do seu papel da mulher, sobretudo, a brasileira na sociedade e no mercado de trabalho, os alunos mais novos só conhecem o Dia Internacional da Mulher, que é comemorado no dia 08 de março.

Isso é até compreensível, pois as mídias divulgam muito esta segunda data, enquanto a primeira (referenciada em território nacional) nunca foi atrelada a um comercial ou comentário em telejornal, rádio ou programa.

Este ano, tal como havia comentado com as turmas, encaminhei pedidos para a inclusão da data na programação do dia de hoje, tanto em emissoras de rádio quanto de televisão. Não ouvi, ainda, nada a respeito e muito menos tive o retorno das minhas mensagens.

Bom, independente desta falta de informação acerca da data, eu faço a minha parte. Este ano, as turmas não trabalharam o Dia Internaciona, mas vão apresentar trabalhos de pesquisa e entrevistas em função do Dia Nacional da Mulher.

Para quem desconhece a origem da data e a personalidade principal, Jerônima Mesquita, acesse AQUI para saber mais sobre esta data comemorativa e a vida desta mineira da cidade de Leopoldina, que foi importante na história do Brasil, sobretudo, no universo feminino brasileiro.

                      Jerônima Mesquita - Imagem capturada na Internet (Fonte: GeneAll.net)

Um comentário:

Anônimo disse...

Professora,aqui é o Wladmir da T:1.010.A respeito das perguntas sobre a entrevista,as minhas são as seguintes:

1)Fale um pouco a respeito da lei Maria da Penha.

2)Nos tempos de colégio da senhora,já foi vítima de algum tipo de preconceito ou descriminação?

3)Com criação e aprovação da lei que protege as mulheres contra agreção física ou psicológica da parte dos homens,diminuiu ou aumentou os casos de prisão de homens?

4)O que a senhora tem a dizer a respeito do BULLYING?

5)De que forma a senhora acha que o caso que houve da escola de REALENGO poderia ser evitado,já que dizem que o agressor estudou naquela escola e foi vítma de BULLYING?

6)Assim como a lei Maria da Penha,o que as autoridades pretendem fazer para que não haja outros casos de fatalidade?

7)Particularmente,o que a senhora faria para mudar o curso dessas catástrofe que anda havendo na sociedade?