domingo, 12 de junho de 2011

12 de Junho: Dia dos Namorados ou do Comércio?



Imagem do meu acervo particular
Texto modificado em 16/06/2011, às 18h44


Hoje, no Brasil, se comemora o Dia dos Namorados, mas o que poucas pessoas sabem é que a data comemorativa em nosso país difere de outros países, sobretudo, do hemisfério norte que festejam em 14 de fevereiro, Dia de São Valentim, o qual devido a sua história de vida religiosa, prisão, milagre, morte (morto a pauladas e decapitado) e canonização, tornou-se também o Dia dos Namorados.

No Brasil, apesar de sua origem estar atrelada às comemorações no exterior de 14 de fevereiro, ou seja, ao Dia de São Valentim, sua data fora modificada em razão de interesses meramente comerciais, tendo em vista que junho era considerado um mês de baixa venda no comércio. Sendo assim, adotou-se o dia 12 de junho, véspera do Dia de Santo Antonio, o santo casamenteiro, como o Dia dos Namorados em nosso país.

O precursor da ideia de comemorar o Dia dos Namorados (Dia de São Valentim) no Brasil foi do publicitário João Dória, da agência Standart Propaganda, a qual foi adotada pelos comerciantes paulistas, no ano de 1949 (Século XX).

Na época, a propaganda criada por sua agência - a pedido da loja Clipper - representou o pontapé inicial para a mudança nos quadros estatísticos do comércio, não só em São Paulo como nas demais Unidades Federativas da União.

Com o slogan "Não é só de beijos que vive o amor", este transformou o dia 12 de junho no dia de dar presentes. E a vinculação do amor a bens materiais acabou tornando-se uma prática, que até hoje aquece - em muito – as vendas no mês de junho.

Para saber mais sobre a vida de São Valentim, santo associado ao Dia dos Namorados, clique AQUI!




São Valentim - Imagem capturada na Internet (Fonte: Paulinas)





Fontes de Consulta

. Brasil: Almanaque de Cultura Popular

. MTV

. Paulinas OnLine

. Wikipedia

Nenhum comentário: