terça-feira, 28 de junho de 2011

Turma 1704: Alunos que fazem a diferença

Muitos acham que o papel do professor é o de ser o "Senhor Encrenca", ou seja:
Aquele que só reclama e não elogia...

Aquele que só enxerga os defeitos e é incapaz de destacar as qualidades dos alunos...

Aquele que solicita a presença dos responsáveis na escola só para se queixar dos filhos...

Aquele que não sabe sorrir.

Pois bem, recentemente, a atitude de um grupo de alunos da Turma 1704 mereceu elogios.

Depois de eu ter reclamado da quantidade de lixo no chão da sala, após a minha aula de quinta feira, que é no último tempo,o referido grupo resolveu contribuir com a limpeza da sala, bem como a sua organização em termos de mural.

E eles fizeram questão de me mostrar. Parabenizei a todos e espero que eles continuem assim, bem como sirvam de exemplo para os demais alunos.

Fica aqui o registro, tal como prometi a eles!





 O funcionário Jorge Henrique e o lixo jogado no chão (reparem o mural no lado direito da imagem)








 Da esquerda para a direita, Vitor Hugo, Isabel Britto,  
Anna Beatriz da Silva, Antonio Cabói,  
Lorrana de Oliveira e Alisson da Silva






2 comentários:

Anônimo disse...

Ainda bem que não existe apenas vandalos....


Parabéns a turma 1704,e que fique como exemplo...


J.Renato

Marli Vieira de Oliveira disse...

José Renato,

Com certeza! A ocorrência de vândalos é uma exceção e não uma regra, graças a Deus! O exemplo da turma 1704 é fato que não deveria ser especial, já que o ambiente escolar é nosso, ou seja, de todos que direta e/ou indiretamente esteja ligado. Por isso, os alunos deveriam mantê-lo conservado, seja pelo simples ato de jogar o papel na lixeira ou evitar de rabiscar a carteira escolar ou, ainda, evitar colocar chiclete embaixo da mesa.

Realmente, eles estão de parabéns, pois diante da postura dos alunos da turma, optaram por fazer a diferença.

Obrigada por seu comentário