sábado, 31 de março de 2012

31 de Março: A Hora do Planeta



Logo da Campanha da Hora do Planeta - Disponibilizado no site da WWF-Brasil


Mais uma vez vamos participar deste ato simbólico em prol de um mundo mais sustentável. É a Hora do Planeta, quando muitos poderão se manifestar - ao mesmo tempo - a sua preocupação com os problemas ambientais, sobretudo, com o aquecimento global.

Mas, não basta apenas mostrarmos a nossa conscientização quanto aos fatos. É preciso que também tomemos atitudes individuais e coletivas que consubstanciem mudanças efetivas nos nossos padrões de vida, os quais direta e/ou indiretamente interveem de forma negativa no meio ambiente, influenciando o aquecimento global.
Padrões de vida estes marcados – na maioria das vezes - pelo desperdício, pelo consumismo exagerado, pela depredação do patrimônio público e/ou natural, pela má conservação do meio ambiente etc.
Hoje, a união das pessoas em torno de um simples ato simbólico de apagar as luzes em um mesmo horário da noite, ou seja, das 20h30 às 21h30 vai confirmar não só a conscientização das pessoas acerca dos problemas ambientais vigentes, como também vai registrar a adesão de mais 12 países na Campanha.
Lançada e promovida pela Rede WWF no mundo todo,  em 2007, na Austrália, a Campanha a "Earth Hour" (Hora do Planeta) envolve diversos participantes de diferentes instância de poder e de exercício de cidadania responsável, como  governos, empresas públicas e/ou privadas e a população civil.
Por parte da poder político, a participação vai ser verificada através do apagar das luzes de monumentos e outros pontos turísticos das cidades.
Até o momento presente, 147 países estão participando e mais de 5 mil cidades. No Brasil, 24 estados já aderiram à Campanha através da participação de suas respectivas capitais e de outras cidades do estado. As capitais de Rondônia (Porto Velho), do Amapá (Macapá) e de Roraima (Boa Vista) estarão participando, pela primeira vez, este ano. Ao todo são 125 cidades brasileiras, sendo 26 estreantes.
A nossa cidade, Rio de Janeiro, é considerada a cidade oficial da Campanha a Hora do Planeta em nosso país, pois foi a primeira cidade a aderir e participar da mesma. Este ano, em especial, a sua participação tem um sentido bastante significativo devido a realização da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, popularmente denominada Rio + 20 (20 anos após a Conferência realizada na cidade em 1992 – a Eco 92).
Vários monumentos e outros símbolos da cidade serão apagados durante sessenta minutos, à partir das 20h30, como as luzes da orla de Copacabana, do Cristo Redentor, dos Arcos da Lapa, da Igreja da Penha, entre outros.
De acordo com o site oficial da Campanha, hoje, no Arpoador, a partir das 17h, haverá um evento - organizado pela WWF-Brasil - com oficinas, exibição de vídeos, músicas, apresentações de dança e circo.
Vamos participar, mas com a consciência clara que nossas atitudes devem corresponder ao conjunto de ideias sobre a conservação do meio ambiente, manifestado neste ato simbólico. Não só em termos individual, enquanto pessoa civil, mas - sobretudo - nas esferas governamentais e de empresariados.

2 comentários:

Maaah Mello disse...

Olá ,boa noite, achei muito legal essa campanha!
Devia ser vista por todos, e ser praticada!

Aluno: Matheus Mello.
Turma: 1803.
Escola: Municipal Dilermando Cruz.

Marcos disse...

Confesso que aqui em casa nós não apagamos as luzes, mas fizemos ano retrasado e ano passado! Acho muito legal este gesto.. Acho que todos deveriam ajudar.. Pois o Planeta Terra é de todos. :D

Aluno: Marcos Vinicius
Turma: 1701
E.M. Dilermando Cruz.