quarta-feira, 1 de maio de 2013

30 de abril: Dia Nacional da Mulher


  Imagem capturada na Internet (Fonte: Rádio Mongaguá)
 

Há anos, eu divulgo o Dia Nacional da Mulher, cuja data comemorativa foi ontem, inclusive, encaminhando e-mails para emissoras de rádio de grande audiência no Rio de Janeiro, mas até o presente a referida data não é totalmente noticiada.
 
Não resta dúvida que muitos já têm conhecimento da data, mas a importância maior é dada ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 08 de março.
 
Falar do Dia Nacional da Mulher é discorrer a vida e a influência da mineira Jerônima Mesquita, no início do século XX, que muito contribuiu às causas femininas e outras de caráter coletivo.
 
Filha do Barão do Bonfim (José Jerônimo de Mesquita) e da Baronesa do Bonfim (Maria José Villas Boas de Siqueira Mesquita), Jerônima Mesquita nasceu na cidade de Leopoldina, em Minas Gerais, no dia 30 de abril de 1880.
 
Pelos seus feitos em prol da situação política e social da mulher brasileira em meio a uma sociedade machista, oito anos após o seu falecimento, ocorrido em 1972, o então Presidente da República, João Figueiredo, sancionou a Lei n.º 6.791/80 que instituiu a data 30 de abril (dia do seu nascimento) como Dia Nacional da Mulher, com o objetivo de estimular a integração da mulher no processo de desenvolvimento do país.
 
Para saber mais sobre a vida desta mulher que sempre se mostrou a frente da própria condição submissa da mulher em uma sociedade machista, de sua época, clique AQUI.


 
 Imagem capturada na Internet (Fonte:GeneAll.net)


 

Nenhum comentário: