quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Fixando a Matéria: Geografia Física (Relevo)


01. No Brasil, extensos derrames de rochas ígneas que, decompondo-se ao longo do tempo geológico, originam a fértil, terra-roxa, ocorreram:
(a) nas bacias sedimentares Amazônica e do Parnaíba.
(b) na bacia sedimentar e São Francisco.
(c) na bacia do Paraná.
(d) no Escudo Brasileiro.
(e) no Escudo Goiano.

02. No Rio Grande do Sul estão localizadas as maiores reservas de carvão mineral, avaliadas até o presente momento. O terreno onde são encontráveis essas jazidas é do tipo:
(a) ígneo intrusivo.
(b) capeamento sedimentar.
(c) derrame de lavas vulcânicas.
(d) paleometamórfico.
(e) de deposição recente.

03. Observe o mapa abaixo:



 










Assinale a afirmação correta com relação aos pontos de 1 a 5 que constam no mapa.
(a) O ponto 1 situa-se entre as placas tectônicas Sul-Americana e Nazca.
(b) O ponto 2 localiza-se numa área de separação de placas tectônicas, responsável pela formação de uma dorsal oceânica.
(c) O ponto 3 localiza-se numa área de colisão entre as placas Africana e Indo-Australiana.
(d) O ponto 4 situa-se numa área de expansão do assoalho oceânico, responsável pela formação da Cordilheira dos Andes.
(e) O ponto 5 localiza-se numa área de formação de arco de ilhas, que corresponde a uma zona de subducção.

04. São cadeias montanhosas terciárias, jovens, pouco desgastadas pela erosão:
(a) o Himalaia e o Maciço Central Francês.
(b) o Escudo Canadense e os Pirineus.
(c) os Andes e o Escudo Brasileiro.
(d) os Urais e Montes Apalaches.
(e) os Apeninos e o Cáucaso.

05. Assinale a alternativa correta em relação aos movimentos tectônicos e ao vulcanismo.
(a) Os movimentos tectônicos são provocados por forças basicamente exógenas, atuando de forma lenta e prolongada na estrutura e no modelado da crosta terrestre.
(b) As forças tectônicas, que atuam predominantemente no sentido vertical sobre as camadas de rochas resistentes, originam as grandes cadeias montanhosas.
(c) O material vulcânico que se acumula na superfície produz o chamado cárstico, caracterizado pelas formas dômicas derivadas da sobreposição contínua de material piroclástico.
(d) A diferença, em energia liberada, de um terremoto de nível 5 para outro de nível 6 na Escala Richter é equivalente à diferença, em energia, de um terremoto de um nível 6 para outro de nível.
(e) O surgimento da Dorsal Meso-Atlântica corresponde a áreas de divergência de placas litosféricas, onde ocorrem fenômenos vulcânicos e tectônicos.

06. As jazidas de carvão do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul coincidem com as áreas geológicas relacionadas;
(a) Ao embasamento cristalino.
(b) Às falésias marinhas.
(c) Aos derrames basálticos.
(d) A sedimentos antigos.
(e) A dobramentos recentes.

07. Geomorfologicamente, a Serra do Mar é classificada como:
(a) uma escarpa de planalto.
(b) um altiplano.
(c) uma sucessão de montanhas.
(d) uma bacia de sedimentação.
(e) um dobramento terciário.

08. (UEMA - modificado) Entres os três tipos principais de estruturas geológicas é correto afirmar que NÃO existe no território brasileiro:
(a) bacias sedimentares
(b) escudos cristalinos
(c) dobramentos modernos
(d) terrenos pré-cambrianos
(e) jazidas petrolíferas

08. (VUNESP) Assinale a alternativa que apresenta o que têm em comum as seguintes cadeias montanhosas: Andes, Himalaia, Alpes e Rochosas:
(a) Geologicamente recentes e resultantes de dobramentos.
(b) Geologicamente antigas e resultantes de dobramentos.   
(c) Localizam-se nas porções orientais dos continentes por onde ocorrem.
(d) Geologicamente constituídas por terrenos cristalinos antigos.
(e) Os grandes desníveis foram provocados por falhamentos em terrenos cristalinos.

09. São considerados, respectivamente, fenômenos internos e externos da dinâmica ambiental da Terra:
(a) Intemperismo e Sedimentação
(b) Tectonismo e Orogênese
(c) Águas correntes e Vulcanismo
(d) Magmatismo e Intemperismo
(e) Erosão e Sedimentação

 10. (FUVEST) Da ação de solapamento realizado pelas ondas do mar na costa brasileira resulta uma forma de relevo escarpado, que se apresenta, geralmente, mais vertical nas formações sedimentares que nas cristalinas. São:
(a) os tômbolos
(b) os pães-de-açúcar
(c) as falésias
(d) os canyons
(e) os fiordes

 11. Os processos de alteração da rocha (desagregação ou decomposição), o desgaste e remoção dos do material inconsolidado dá-se as seguintes denominações:
(a) Intemperismo e erosão
(b) Erosão e deposição
(c) Intemperismo e pedogênese 
(d) Orogênese e epirogênese
(e) Magmatismo e erosão

12. FGV - ECONOMIA: Graben e Horst são formas de relevo associadas às falhas tectônicas.
No Brasil, os exemplos para I e II são, respectivamente:








(a) Vale do Itajaí e Serra Geral
(b) Vale do Paraíba e Serra do Mar
(c) Planície Amazônica e Serra do Cachimbo
(d) Vale do São Francisco e Chapada Diamantina
(e) Planície Costeira e Serra do Espinhaço

13. (UECE): Às áreas planas oriundas da combinação de processos de deposição fluvial e marinha, geralmente sujeitas a inundações periódicas, sendo revestidas por mangues, dá-se o nome de:
(a) planície fluvial
(b) planície flúvio-lacustre
(c) planície flúvio-marinha
(d) planície de erosão
(e) Várzea

14. (UNIVEST) Os escudos ou maciços antigos brasileiros formaram-se na era:
(a) cenozoica
(b) terciária
(c) pré-cambriana
(d) mesozoica
(e) quaternária

15. Os cordões arenosos, da planície costeira, ao longo da costa do Rio Grande do Sul, cuja formação geológica é recente, e que propiciou a gênese de dezenas de lagoas em nosso litoral, denomina-se:
(a) Recife
(b) Fiorde
(c) Manguezal
(d) Restinga
(e) Tômbolo

 
Gabarito:

01.  (c)
06. (d)
11. (a)
02. (b)
07. (a)
12. (b)
03. (b)
08. (c)
13. (c)
04. (e)
09. (d)
14. (c)
05. (e)
10. (c)
15. (d)
 
 

Nenhum comentário: