quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Projeto Herdeiros do Pré-Sal: Semana Integrada Museu & Escola (SIME) - Parte VIII (a)


Reprodução do Folder do Projeto (MGEO/UFRJ - BG Brasil)


A Feira Científica Semana Integrada Museu & Escola (SIME) foi organizada e realizada no Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), nos dias 07 e 08 do mês em curso.

Das 30 escolas da Metropolitana III (SEEDUC/RJ), selecionadas a participar do Projeto Herdeiros do Pré-Sal, apenas 14 cumpriram as três etapas do mesmo e apresentaram trabalhos na SIME durante os dois dias de exposição, a saber: 
 
C.E. Deputado Pedro Fernandes
C.E. Ignácio Azevedo do Amaral
C.E. Marechal João Baptista de Mattos
C.E. Olinto da Gama
C.E. Paulo Freire
C.E. Prof. Murilo Braga
C.E. Prof.ª Luiza Marinho
C.E. Prof.ª Sonia Regina Scudese
CEJA de Madureira
CIEP 173 Rainha Nzinga de Angola
CIEP 323 Maria Werneck de Castro
CIEP 326 Prof. César Pernetta
CIEP 339 Mário Tamborindeguy
Instituto de Educação Carmela Dutra
 
A Programação da Semana Integrada Museu & Escola (SIME), tal como o Museu de Geodiversidade (MGEO/UFRJ) nos apresentou ficou, assim, determinada:
. 07/11/2013 (5ª feira)
8h e 30 min: Credenciamento e entrega de materiais aos professores no CEMA
9h: Abertura da SIME
10h às 11h: Montagem dos estandes pelos participantes
12h às 13h: Almoço
13h às 17h: Apresentação/Avaliação dos Trabalhos
Exibição de vídeo sobre o Petróleo/Pré-Sal
 
 . 08/11/2013 (6ª feira)
9h às 13h: Apresentação/Avaliação dos Trabalhos
Exibição de vídeo sobre o Petróleo/Pré-sal
13h às 14h: Almoço
Contagem das notas/Definição da Classificação
14h às 16h: Encerramento e Premiação da SIME
16h às 17h: Desmontagem dos materiais pelas equipes
 
É claro que alguns reajustes ocorreram em decorrência de certas mudanças nos horários, mas nada que fosse tão expressivo ao ponto de necessário mencionar.
 
Em função de esta iniciativa ser uma parceria entre a empresa britânica BG Brasil, o Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/MGEO) e a Secretaria do Estado de Educação (SEEDUC), os avaliadores das apresentações dos trabalhos por cada equipe participante pertenciam às referidas instituições (BG Brasil, UFRJ e SEEDUC).
 
Tanto os estandes quanto os painéis ficaram dispostos, sequencialmente, em ambos os lados de um trecho do corredor de acesso aos cursos de Geografia e Meteorologia do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), sendo os estandes de um lado e os painéis do outro, sendo estes últimos de frente aos expositores e onde foram fixados os banners e cartazes.
 
Estandes
 
 
Painéis

 
Cada estande era identificado com o nome da Unidade Escolar e da equipe participante, tendo duas banquetas cada uma, embora o número de participantes por equipe fossem quatro.
 
Antes mesmo do credenciamento, nós começamos a montar o nosso estande seguindo a exemplo das demais equipes presentes.
 
Após certo tempo fomos chamados para o credenciamento, onde recebemos o crachá de identificação e, depois, a blusa do evento.
 
 Equipe Futuro da Nação
 
A cerimônia de abertura da SIME foi realizada pelo Diretor do Instituto de Geociências da UFRJ, Prof. Dr. Ismar de Souza Carvalho, que chamou à mesa outros professores e profissionais ligados direto e/ou indiretamente ao evento da própria instituição federal, bem como da SEEDUC e da BG Brasil.
 


Prof. Dr. Ismar de Souza Carvalho
 
 
 
Foi exibido, logo no início, um vídeo sobre as diferentes etapas do Projeto Herdeiros do Pré-Sal, com a participação de todos os envolvidos no processo, desde os professores por ocasião do Curso realizados nas dependências da UFRJ (1ª Etapa) aos alunos quando à visita guiada ao Museu de Geodiversidade (2ª Etapa).
 
Após esta cerimônia de abertura fomos concluir a montagem da exposição. Depois foi servido um almoço a todos os participantes.
 
Todos os professores presentes, eu conhecia, pois tivemos dois dias de curso na UFRJ, além da apresentação do referido projeto pela BG Brasil, no dia 07 de agosto do ano em curso, na Escola de Aperfeiçoamento dos Servidores do Estado. 
 
Mas foi muito bom reencontrar as professoras Servia Maria G. de Oliveira (C.E. Paulo Freire) e Sueli de Oliveira Lima (CIEP 326 Prof. César Pernetta).
 
 Da esquerda para direita, professora Sérvia Maria,
eu e a professora Sueli Lima

Somente à tarde é que a Feira Científica foi aberta ao público e aos primeiros avaliadores. Cada equipe foi julgada por três avaliadores.
 
Um fato que senti foi a pouca divulgação quanto ao evento. Nós mesmos poderíamos divulgá-lo de forma mais incisiva se tivessemos os cartazes para fixar nas Unidades Escolares.
 
Eu divulguei o evento junto às minhas turmas tanto do Ensino Fundamental quanto do Ensino Médio. No entanto, os alunos das turmas mais novas (Ensino Fundamental) dependiam dos responsáveis para se deslocarem até à Cidade Universitária e os do Ensino Médio, sobretudo, do próprio Colégio que nós estávamos representando, eles estavam tendo prova e trabalhos nos dois dias.

Nenhum comentário: