domingo, 8 de junho de 2014

Fixando a Matéria: Geografia Física (Clima)



01 (PUC-MG): Dentre os fatores que interferem na distribuição desigual da radiação solar, destaca-se o albedo, que se define como:
(a) A capacidade que os diferentes componentes da superfície terrestre têm de refletir parte da radiação solar e não absorvê-la.
(b) Os diferentes comportamentos da terra e da água do ponto de vista térmico.
(c) A quantidade da insolação na atmosfera nos diferentes períodos do ano.
(d) O volume de radiação que o sol envia para o sistema atmosférico e que é recebido pela superfície da Terra.
(e) A maior ou menor insolação decorrente da duração dos dias ou das noites.
 
02. (PUC-MG): Em relação à dinâmica das massas de ar:
I. As massas estão sempre em movimento e, progressivamente, ocorrem mudanças em volume e nas suas características físicas.

II. As massas polares, ao se deslocarem para o domínio tropical, sofrem aumento de temperatura e redução de sua densidade, até perder suas características e desaparecer.
III. Ao se deslocarem, as massas entram em contato umas com as outras, apresentando linhas de descontinuidade.
 
(a) se for correta apenas a afirmativa I
(b) se forem corretas apenas as afirmativas I e II
(c) se forem corretas apenas as afirmativas I e III
(d) se forem corretas apenas as afirmativas II e III
(e) se forem corretas as afirmativas I, II e III

03. (Mack) As ilhas de calor fazem parte de um conjunto de fenômenos decorrentes da ação antrópica sobre o meio ambiente, resultado do tipo de sociedade criada e gerada por uma série de fatores, entre os quais podemos destacar:

(a) a permeabilização dos solos através do calçamento e asfalto, que provoca o lento escoamento das águas da chuva, reduzindo o processo de evaporação.
(b) a ação da poluição atmosférica, que dispersa a radiação do calor por toda a superfície, causando o aquecimento da atmosfera ou o que chamamos de efeito estufa.
(c) a possibilidade da inversão térmica diminuir, devido à diminuição  gradativa da temperatura nas camadas da atmosfera próximas à superfície das áreas urbanizadas.
(d) a escassez de áreas revestidas de vegetação, que prejudica o que chamamos de albedo, ou seja, o poder refletor de determinada superfície, levando a uma maior absorção do calor recebido.
(e) a concentração de altas densidades de construções que repelem o calor, bem como da poluição, que tende a subir e se aquecer nas altas camadas da atmosfera, gerando o calor latente nas demais camadas.
04. (PUC-RS): A ilustração abaixo representa


Fonte: MARCONDES, A. C. Ecologia. 1992
 
(a) fenômeno chamado “ilha de calor”, no qual, durante a noite, os poluentes não conseguem atingir as camadas superiores da atmosfera.
(b) “chuva ácida”, a qual, em situações normais, provoca o movimento das nuvens para áreas mais distantes.
(c) “inversão térmica”, um fenômeno climático que provoca agravamento da poluição.
(d) “efeito estufa”, em que a camada do gás Ozônio não permite a saída de poluentes.
(e) a alteração do “ciclo hidrológico” de uma área urbanizada, na qual a chuva causa a concentração da poluição.
 
05 (ENEM – 2011): Em 1872, Robert Angus Smith criou o termo “chuva ácida”, descrevendo precipitações ácidas em Manchester após a Revolução Industrial. Trata-se do acúmulo demasiado de dióxido de carbono e enxofre na atmosfera que, ao reagirem com compostos dessa camada, formam gotículas de chuva ácida e partículas de aerossóis. A chuva ácida não necessariamente ocorre no local poluidor, pois tais poluentes, ao serem lançados na atmosfera, são levados pelos ventos, podendo provocar a reação em regiões distantes. A água de forma pura apresenta pH 7, e, ao contatar agentes poluidores, reage modificando o seu pH para 5,6 e até menos que isso, o que provoca reações, deixando consequências.
Disponível em: http://www.brasilescola.com. Acesso em: 18 maio 2010 (adaptado)

O texto aponta para um fenômeno atmosférico causador de graves problemas ao meio ambiente: a chuva ácida (pluviosidade com pH baixo). Esse fenômeno tem como consequência:

(a) A corrosão de metais, pinturas, monumentos históricos, destruição da cobertura vegetal e acidificação dos lagos.
(b) A diminuição do aquecimento global, já que esse tipo de chuva retira poluentes da atmosfera.
(c) A destruição da fauna e da flora, e redução dos recursos hídricos, com o assoreamento dos rios.
(d) As enchentes, que atrapalham a vida do cidadão urbano, corroendo, em curto prazo, automóveis e fios de cobre da rede elétrica.
(e) A degradação da terra nas regiões semiáridas, localizadas, em sua maioria, no Nordeste do nosso país.
 
06. (UFRN – 2009): O clima do Brasil é influenciado pela atuação de diferentes massas de ar. A respeito das massas de ar que interferem nas condições climáticas do país pode-se afirmar que
(a) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Norte e no inverno sua atuação limita-se ao litoral nordestino e a Amazônia Ocidental.
(b) A massa polar atlântica (mPa) é fria e úmida, forma-se no Atlântico Sul e no inverno atua sobre o litoral nordestino, a Amazônia Ocidental e as regiões Sul e Sudeste.
(c) A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Depressão do Chaco e sua influência no Brasil abrange o sul das regiões Norte e Nordeste.
(d) A massa tropical continental (mTc) é quente e úmida, origina-se na Amazônia e sua influência no Brasil restringe-se as regiões Norte e Centro-Oeste. 
 
07. (UFTO – Modificado): O Brasil apresenta a maior parte de suas terras na zona intertropical da Terra, o que resulta em climas que não apresentam as quatro estações definidas. Foge a essa consideração apenas o clima:
 
(a) equatorial
(b) tropical de altitude
(c) subtropical
(d) temperado
(e) tropical litorâneo

08. Associe os fenômenos climáticos citados na coluna 1 às suas respectivas características descritas na coluna 2.
Coluna 1
(1) El Niño
(2) Circulação geral da atmosfera
(3) Monções
(4) Alísios
(5) Contra-alísios

Coluna 2
(  ) Ventos que se deslocam das áreas de alta pressão localizadas nos trópicos para as zonas de baixa pressão do Equador. Tais ventos são de nordeste no hemisfério norte e de sudeste no hemisfério sul; na sua zona de convergência são responsáveis pelos maiores índices pluviométricos do planeta.
(  ) Mecanismo global proveniente do aquecimento desigual da superfície terrestre através do qual o calor é distribuído pelo planeta e possibilita a formação das grandes zonas climática.
(  ) Ventos secos que perderam umidade e se aqueceram na zona equatorial, de onde retornam aos trópicos, latitude na qual contribuem para a formação da maioria dos grandes desertos do planeta.
(  ) Aquecimento das águas do Pacífico Sul, de causas ainda não conhecidas, com consequências globais ao provocar seca em algumas regiões do planeta e precipitações excessivas em outras.
(  ) Ventos sazonais que mudam de direção em função da alternância entre as áreas de alta e de baixa pressão atmosférica (continental e oceânica) e definem uma estação seca e outra chuvosa em grandes regiões tropicais e subtropicais do planeta.
 
A sequência correta da enumeração é
(a) 4 2 5 1 3
(b) 3 2 1 5 4
(c) 2 1 3 5 4
(d) 5 2 4 1 3
(e) 1 3 2 4 5

09. Estabelecidos na coluna I.
 
(1) Ilha de calor
(2) Inversão térmica
(3) Chuva ácida
(4) Zona de convergência intertropical

(   ) É um fenômeno meteorológico que provoca grandes danos à saúde da população urbana, em decorrência dos poluentes que ficam retidos nas camadas baixas da atmosfera.
(   ) É um dos mais importantes sistemas meteorológicos que atuam nos trópicos. Ela é parte integrante da circulação geral da atmosfera.
(   ) Corresponde ao aumento da produção de calor na área urbana. É resultante da vegetação escassa, do excesso de concreto e asfalto.
(  ) Produzida por gotas de água carregadas de ácidos, resultantes dos resíduos poluentes depositados na atmosfera pelas indústrias, automóveis etc. Esses resíduos entram em reação química com água formando o ácido sulfúrico, os quais se precipitam em forma de chuva. 
A alternativa que apresenta a sequência correta é:
(a) 2 4 1 3
(b) 4 2 1 3
(c) 1 3 2 4
(d) 4 1 2 3
(e) 3 1 2 4
 
10. (UFTM): É um fenômeno oceânico caracterizado pelo aquecimento das águas superficiais nas porções central e leste do Oceano Pacífico. Provoca queda brutal da produtividade da pesca e do guano na costa do Peru, pela grande redução de fitoplâncton. Além disso, provoca graves perturbações climáticas em escala global, como secas anormais, ciclones e inundações.
 
O texto refere-se ao fenômeno:
 
(a) células de Walker
(b) El Niño
(c) de desertificação
(d) dos anticiclones subtropicais
(e) La Niña
 
11. (UECE - Modificado): Dentre os tipos climáticos abaixo relacionados, assinale o único que não é encontrado no Brasil.

(a) Subtropical
(b) Monções
(c) Equatorial
(d) Tropical úmido
(e) Semiárido

12. Os geógrafos que se dedicam ao estudo da questão ambiental têm se voltado, sobretudo, para a análise do processo natural que decorre da interação de componentes da troposfera com a energia emitida pela superfície terrestre ao se resfriar; e do  calor que aquece efetivamente o ar, e é mantido na troposfera pela ação absorvedora dos gases e pela ação refletora da nebulosidade.
 
O fenômeno resultante desses fatos analisados é conhecido como:
(a) Biodiversidade
(b) Aquecimento global
(c) Efeito estufa
(d) Poluição do ar
(e) Desenvolvimento sustentável

13. A dinâmica atmosférica sobre o espaço brasileiro está representada no mapa abaixo, tendo as letras A, B e C como símbolos indicativos das posições e trajetórias das principais massas de ar que atuam no país. Essas massas são denominadas, respectivamente:

 
(a) polar atlântica, polar pacífica e equatorial continental
(b) tropical atlântica, equatorial continental e tropical continental
(c) equatorial continental, polar atlântica e polar ártica
(d) equatorial continental, tropical atlântica e polar atlântica
(e) polar atlântica, tropical atlântica e polar continental

14. Com relação ao fenômeno "friagem", assinale a única opção INCORRETA:

(a) Consiste na queda brusca da temperatura, na região Amazônica.
(b) A massa de ar responsável pela sua ocorrência é a Polar Atlântica.
(c) O relevo baixo, de planície, facilita a incursão de massas de ar frio que atingem a Amazônia.
(d) A friagem ocorre durante o ano todo. 
 
15. Observe os climogramas abaixo e assinale o tipo climático que cada um representa:

 
(a) Clima Frio polar (1) e Clima Tropical (2)
(b) Clima Tropical (1) e Clima Frio Polar (2)
(c) Clima Desértico (1) e Clima Temperado (2)
(d) Clima Tropical (1) e Clima Desértico (2)
(e) NRA



Gabarito:

 
01.  (a)
06. (b)
11. (b)
02. (e)
07. (c)
12. (c)
03. (d)
08. (a)
13. (d)
04. (c)
09. (a)
14. (d)
05. (a)
10. (b)
15. (d)
 
 

Nenhum comentário: