quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Última Contagem da Organização Mundial da Saúde (OMS): Epidemia da Febre Hemorrágica Ebola


Imagem capturada na Internet (Fonte: Sobral 24 horas)



De acordo com o último balanço realizado e divulgado, no dia 26 do mês passado (setembro), pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a epidemia do ebola já contabiliza 6.574 pessoas contaminadas pelo vírus, tendo registrado 3.091 óbitos desde o início da epidemia, no começo do ano.
 
Esses números, porém, já devem ter aumentado diante do avanço e agravamento da epidemia.
 
O número de países com registros da doença também aumentou, mas todos restritos à região Ocidental do continente africano. São eles: Guiné, Serra Leoa, Libéria, Nigéria e Senegal.
 
Libéria e Serra Leoa são os países que apresentam os maiores índices de pessoas infectadas e número de vítimas fatais. Já no Senegal só foi confirmado um caso.
 
Outro lado obscuro da situação caótica destes países, que já sofrem com a epidemia, bem como outras mazelas socioeconômicas, tem a ver com os profissionais de saúde, cuja atuação mescla com a precariedade de materiais e equipamentos com os riscos eminentes de contrair o vírus ebola em contato com os doentes.
 
Só para se ter uma ideia, até o dia 23 de setembro, 375 profissionais da Saúde foram infectados e, desse total, 211 morreram.
 
A República Democrática do Congo que, também, passou pelo surto de ebola, registrou 42 óbitos entre as 70 pessoas infetadas e, desse total, oito eram trabalhadores da saúde.
 

Imagem capturada e trabalhada no Adobe Photoshop (Fonte: G1)


Fonte: G1

Nenhum comentário: