sábado, 14 de março de 2015

08 de Março: Dia Internacional da Mulher



 Imagem capturada na Internet (Fonte: Socialstudies)



Domingo passado, dia 08 de março, foi comemorado o Dia Internacional da Mulher. Data esta, referenciada no mundo inteiro e escolhida, desde 1975, pela Organização das Nações Unidas (ONU), em razão do incidente ocorrido em Nova York (EUA), no dia 08 de março de 1857, quando várias operárias de uma fábrica de tecido - em greve - morreram queimadas ou por asfixia (sufocadas pela fumaça).
 
As operárias reunidas na fábrica, protestavam contra as más condições de trabalho, reivindicando também a redução da jornada de trabalho por dia (de 16 para 10 horas diárias), a equiparação do salário do sexo feminino com o dos homens, que desempenhavam a mesma função (recebiam menos de 1/3 do salário dos homens) e o direito à licença maternidade.
 
O protesto foi seguido por greve e, segundo os registros históricos, as saídas de emergência da fábrica foram bloqueadas pelo lado de fora, pelos próprios donos, os quais - em conjunto com as autoridades policiais - atearam fogo com a intenção de amedrontá-las e pôr fim à manifestação.
 
No entanto, o incêndio tomou grandes proporções rapidamente e a tragédia - já anunciada - resultou na morte das 129 operárias.
 
Esta versão é a mais conhecida e vinculada à referida data. Contudo, há divergências quanto aos fatos reais, inclusive, a alegação mais forte é que não há registro de incêndio em Nova York nesta data (08 de março de 1857).
 
De acordo com diversas fontes, o pior desastre do gênero na história da referida cidade, em situação semelhante em termos de movimento trabalhista, ocorreu na fábrica Triangle Shirtwaist, instalada no prédio Asch, de 10 andares, localizado no bairro Greenwich Village de Manhattan (Nova York), no dia 25 de março de 1911, quando morreram 146 trabalhadores, sendo 123 mulheres, a maioria imigrantes.
 
 Imagem capturada na Internet
 
Ainda de acordo com os relatos, o incêndio começou no oitavo andar, se alastrando para os outros dois superiores. Os bombeiros foram chamados, mas as escadas não eram altas o suficiente para resgatar as pessoas.
 
Os operários do 8˚ e do 10˚ andar se salvaram, respectivamente, descendo pelas escadas e elevador ou por cima, passando para o edifício vizinho. No entanto, os que estavam no 9˚ andar não tiveram a mesma sorte, uma vez que – além da propagação das chamas – elas enfrentaram a correria e a aglomeração que se formou com os demais operários nas saídas de emergência. Muitos morreram queimados ou por asfixia, assim como pulando pela janela.
 
Deste fato, em si, há registros fotográficos e até um livro que retrata, detalhadamente, o incidente, considerado o pior da história de Nova York.
 
 Imagem capturada na Internet
 
Imagem capturada na Internet

Imagem capturada na Internet

Imagem capturada na Internet
 
 
 Imagem capturada na Internet

 
 Imagem capturada na Internet

 Imagem capturada na Internet

 
Livro Triangle: The Fire That Changed America
Autor David Von Drehle
 
Como podemos constatar as datas são divergentes, não só em termos de anos (1857 e 1911), como também  quanto aos dias, pois o dia escolhido pela ONU para ser comemorado o Dia Internacional da Mulher foi 08 de março, enquanto o único registro de incêndio em Nova York remonta a data de 25 de março.
 
Já pesquisei no site oficial da ONU, mas nada encontrei que pudesse esclarecer tais divergências.
 
Só nos resta concordar que, independente dos fatos que motivaram a escolha da data, a situação da mulher no mercado de trabalho e na sociedade, ainda hoje, carece de políticas de igualdade de gêneros e de respeito, capazes de reduzir a violência e a discriminação sofrida pelas mulheres, assim como fazer valer o cumprimento dos direitos humanos às mesmas.
 

 Fontes:
 
 

. Socialstudies

. Telmoquímica

5 comentários:

Anônimo disse...

Eu achei horrível a forma qual eles quiseram terminar com protesto, foi uma atitude desumana.

Nome:Renato Ferreira
Turma:1003

Anônimo disse...

Nossa professora , muito chocante essas fotos , é meio estranho o dia que a ONU declarou como o Internacional da mulher , se não bate com o da Tragédia!

Natan 1801

Anônimo disse...

Fortes imagens , que gigantesca tragédia . Mas enfim , o conteúdo está ótimo .
Mayara de S. 2005
C.E.Sônia Regina Scudese

Anônimo disse...

Professora não entendi porque colocaram a data para o dia 08 se e dia 25 Nome: Thais Gomes Turma:1804

Anônimo disse...

Nossa que tragedia ,so nao entendo a questao da data era para ser dia 25 e nao dia 8 achei horrivel como termino o protesto as imagens sao muito interessantes mais sao chocantes o conteudo è bem intressante . Alice menezes turma 2005 c.e. sônia regina scudese