quarta-feira, 8 de março de 2017

Refletindo e Discutindo a Discriminação Velada

Imagem capturada na Internet
Fonte: Pixabay



Gostaria de obter vários comentários acerca deste pequeno texto e ao questionamento (resposta propriamente dita).
 
 
Pai e filho sofrem um acidente terrível de carro. Alguém chama a ambulância, mas o pai não resiste e morre no local. O filho é socorrido e levado ao hospital às pressas.
 
Ao chegar no hospital, a pessoa mais competente do centro cirúrgico vê o menino e diz:
- ‘Não posso operar esse menino! Ele é meu filho!’

 Qual foi o seu primeiro pensamento ao ler esse trecho?

2 comentários:

Duda Oliveira disse...

Que o filho morreu junto com o pai, acho... E eles se encontraram em outro "lugar".
Maria Eduarda Gomes de Oliveira
T. 1903

Islan Emerson disse...

Foi que a pessoa mais competente e a mãe do minino e que ela não conssiguiria operar ele por ela está muito abalada com o acontecimento

T:1903