sábado, 10 de outubro de 2009

Mudança de Escolas



Imagem capturada na Internet




Mais uma vez, não pude cumprir com as regras estabelecidas no Blog em termos de atualização das postagens, pois estive envolvida com os trâmites do meu remanejamento de escola.

É, o meu processo de Amparo Especial - aberto em janeiro de 2009 - só saiu no final de setembro e eu tive que ir à Secretaria de Estado de Educação (SEE/RJ), à Metropolitana III e Coordenadoria V (Duque de Caxias) resolver a mudança de escola.

Já não sou mais professora da E.E. Assis Chateaubriand, em Duque de Caxias, embora esteja ainda indo lá para encerrar as notas dos alunos e receber alguns trabalhos pendentes.

Escolhi, entre as opções mais viáveis a minha necessidade de trabalhar próxima de minha residência e, consequentemente, de minha mãe, a E.E.E. S. Clóvis Beviláqua, em Olaria, no município do Rio de Janeiro.

Justamente, a razão do meu processo é a questão dos cuidados da minha mãe, que tem sequelas de um AVC e não caminha sozinha, pois seu lado esquerdo todo não tem mobilidade.

Em fevereiro de 2010, eu faria 12 anos na E.E. Assis Chateaubriand. É muito tempo, não? É uma história de vida, de amizades, de participação e compromisso com a Educação.

Adoro a escola e todos sabem disso, mas há tempo vinha tentando mudar para uma escola mais próxima de minha mãe, da minha residência.

Já trabalhei à noite, mas não com turma. Fui Agente Pessoal na E.E.E.S. Souza Carneiro, na Penha, quando retornei de uma licença sem vencimento, na época em que eu era professora do 1° Segmento do ensino Fundamental (antigo primário).

Ontem foi o meu segundo dia de aula, mas até quarta-feira (primeiro dia de aula) estive envolvida com as documentações. Espero que tudo dê certo nesta nova escola.

Nenhum comentário: