sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Rio de Janeiro: Cidade-Sede dos Jogos Olímpicos de 2016

Imagem capturada na Internet

Infelizmente, eu não pude acompanhar a transmissão da apuração dos votos, no Bella Center, em Copenhague, das quatro cidades finalistas para sediar os Jogos Olímpicos de 2016.

Eu havia saído e retornava para casa às 14h, exatamente. Ouvi o barulho de alguns fogos distantes, mas pensei em se tratar de comemoração por estar sendo realizado o evento. Na minha cabeça, se fosse o prenúncio da vitória da cidade do Rio de Janeiro, a quantidade de explosivos seria bem maior.

Ao entrar em casa, minha filha já veio com a notícia de primeira mão, mas eu não acreditei! Só depois, vendo as imagens e outras reprisadas é que tive a certeza.

Constatei as dificuldades e "demora" do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, em abrir o envelope com o nome da cidade vencedora, tal como a minha filha fez questão de comentar, demonstrando a irritação que sentiu minutos antes.

Os gritos e as "explosões" humanas de alegria pela vitória da cidade do Rio de Janeiro, tanto no Bella Center (Copenhague) quanto em Copacabana (Rio de Janeiro), foi algo de mexer com o coração da gente.

De acordo com o que pude apurar, depois, com mais calma, Chicago (EUA) foi eliminada logo na primeira fase, com apenas 18 votos. Madri (Espanha) liderava esta primeira parcial, com 28 votos, seguida pelo Rio de Janeiro (Brasil) e Tóquio (Japão), com 26 e 22 votos, respectivamente.

Na segunda fase, o Rio de Janeiro superou e passou a frente de Madri e Tóquio, com 46 votos contra, na sequência, 29 e 20.

Com este resultado, Tóquio foi a segunda cidade a ser eliminada, restando Madri e o Rio de Janeiro, ainda, na disputa. E, na terceira etapa, com 66 votos contra 32, a cidade do Rio de Janeiro foi anunciada como a vencedora e a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

A vitória desta foi atribuída a vários fatores: a apresentação em vídeo, a conjugação das três esferas do governo (Federal, Estadual e Municipal), a acolhida de um povo simpático como é o carioca, o fato de ser a primeira edição de Olimpíadas a ocorrer na América do Sul etc.

A maior parte das mídias destacou o tom emotivo da apresentação do Comitê brasileiro, assim como do discurso - principalmente - do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

As palavras cairam bem e fizeram efeito... Para nós e para a América do Sul será "a Olimpíadas" e não apenas mais uma...

O nosso presidente chegou até a rebater a questão dos altos investimentos versus outras prioridades no país, questão esta - com certeza - cobrada por muitos. Ele apenas se limitou a dizer que o Brasil tinha o direito de realizar.

Na outra postagem, eu cheguei até mencionar esta questão, pois ontem eu e a professora de Educação Físca Márcia (E.M. Dilermando Cruz) estavamos conversando a respeito disso.

Agora é bola prá frente! Bola, disco, raquete de tênis, bicicleta, barco, entre outros recursos materiais das modalidades olímpicas.

Os Jogos Olímpicos vão ocorrer no período de 5 a 21 de agosto de 2016, enquanto as Paraolimpíadas serão entre os dias 7 a 18 de setembro.

O local de abertura e de encerramento do evento será o estádio do Maracanã, onde será acessa a Pira Olímpica.

Parabéns, Cidade do Rio de Janeiro! A expectativa e a corrente positiva para 2016 são grandes e muito se tem a fazer...



3 comentários:

Tamiris - 1801 . disse...

Professora, quando o carinha abriu o envelope e falou ' Rio de Janeiro' eu tava no sofá da minha casa, fiquei toda arrepiada, e até hoje quando eu vejo aquela cena eu fico assim, é uma alegria tão grande, ver que daqui a 7 anos a olimpiada vai ser aqui *-*

Marli Vieira de Oliveira disse...

É Tamiris, eu também fiquei feliz, mas ao mesmo tempo tenho o pé no chão e acho que há muito o quê fazer para sediar um evento deste porte. Fora as outras prioridades, que tanto a cidade necessita...

Mas, já que ganhamos a disputa e vamos sediar, as políticas públicas nas três esferas do governo (Federal, estadual e municipal) precisam se unir a fim de mitigar e dar condições concretas para que os Jogos Olímpicos sejam um sucesso, tanto no que diz respeito às instalações esportivas (diversas modalidades) quanto à segurança pública, transporte, sistema de saúde etc.

Beijos,

Marli Vieira

v da 1706 disse...

acho que não era a hora do rio sediar os jogos olimpicos até porque o nosso estado não esta preparado
porcausa de violencia , corrupção entre outros problemas que não são mostrados...