sexta-feira, 31 de maio de 2013

29 de Maio: Dia do Geógrafo


Imagem do meu acervo particular
 
Geografia é a ciência que estuda a organização do espaço geográfico, ou seja, ela estuda o produto das relações entre o homem e a natureza.
 
Neste sentido, o estudo da Geografia leva em conta todos os aspectos inter-relacionados à dinâmica do espaço da sociedade, sejam estes políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais.
 
Apesar de a Geografia estudar também os elementos naturais, o seu maior interesse se encontra voltado para os aspectos das relações humanas (sociais) na transformação do espaço geográfico. Em razão disso, ela é considerada uma Ciência Humana.
 
Ela também é considerada uma “Ciência-Síntese”, pois o seu estudo perpassa pelos conhecimentos de outras áreas científicas, tais como História, Economia, Geologia, Antropologia, Pedologia, Sociologia etc.
 
O Curso de Graduação em Geografia (Ensino Superior) oferece duas modalidades distintas de formação: o bacharelado e a licenciatura.
 
O bacharel em Geografia tem a habilitação para exercer estudos e atividades de pesquisa em sua área de concentração, enquanto que o licenciado se encontra habilitado a atuar em atividades docentes, isto é, ministrar aulas de Geografia nos Ensinos Fundamental e Médio (professor) ou, ainda, no Ensino Superior (universitário), caso tenha titulação exigida para trabalhar neste nível de ensino (Mestrado ou Doutorado, por exemplo).
 
Nesta última modalidade de ensino, nível universitário, tanto o bacharel quanto o licenciado podem ministrar aulas de Geografia ou de áreas afins mediante as titulações mencionadas.
 
No dia 29 de maio, último, comemorou-se o Dia do Geógrafo, isto é, o bacharel em Geografia, legalmente habilitado através da Lei 6664/79 e o seu registro pode ser obtido junto ao Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) de seu estado. 
 
Estando regularmente associado ao CREA, o Geógrafo pode - trabalhando diretamente com pesquisa - emitir parecer técnico, elaborar EIA (Estudo de Impacto Ambiental) e RIMA (Relatório de Impacto do meio Ambiente), tanto em empresas privadas quanto estatais.
 
Eu, particularmente, obtive as duas habilitações na área de Geografia, ou seja, tanto sou geógrafa quanto professora de Geografia, formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF).
 
Por muitos anos trabalhei em pesquisa, tendo apresentado e publicados trabalhos em Congressos, em Simpósios e em livros.
 
Trabalhei no Departamento de Geologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), contrato temporário, e no Centro Universitário de Araguaína (CENUAR/antiga UNITINS, hoje, UFT), na Faculdade de Geografia e no Colégio de Aplicação.
 
Fiz parte da Comissão Organizadora do I Encontro de Geografia do Tocantins (1º ENGETO), realizado em Araguaína, em 1993.
 
Hoje, atuo exclusivamente como docente na rede municipal e estadual do Rio de Janeiro, ministrando aulas no Ensino Fundamental (6º ao 9º Ano) e no Ensino Médio (1ª e 3ª Série).
 
Fica aqui a minha homenagem a todos os Geógrafos, Tanto para aqueles que já faleceram quanto e, em especial, para aqueles de grande renome em nosso país, os quais conheci diretamente, através dos seus trabalhos, como também nos papéis de orientador e professores, como João José Bigarella (orientador de Mestrado), Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro e Orlando Valverde e/ou indiretamente, apenas, através dos seus respectivos trabalhos na área de Geografia, como  Manuel Correia de Oliveira Andrade, Milton Santos, Josué Apolônio de Castro (Josué de Castro), Antonio Christofoletti e Aziz Nacib Ab'Saber.
 


 
 
 
Fontes de Consulta:
 
 
 

Nenhum comentário: