quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Mais frio e neve na região Sul do Brasil


Morro da Igreja, na cidade de Urubici, SC (Fonte: Último Segundo)




As imagens falam por si só... Como já era previsto, as temperaturas continuaram baixas na região Sul do Brasil, sobretudo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.



Posto da Polícia Rodoviária Federal, em Vacaria, Rio Grande do Sul (Fonte: Último Segundo)




De acordo com a Climatempo, as baixas temperaturas registradas na reagião, desde o domingo, se justificam pela presença de uma forte massa de ar polar.

Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai também estão enfrentando um inverno severo, com temperaturas bem baixas. A sensação térmica era de temperatura mais baixa, em consequência dos ventos de moderados a fortes.






Bagé. na Fronteira Oeste gaúcha (Fonte: Terra Notícias)




A MetSul Meteorologia registrou, desde segunda feira passada (02/08), precipitação de neve em 33 cidades da região Sul do país. Contudo, a maior incidência foi no Rio Grande do Sul (21 cidades), seguida por Santa Catarina (12). Os fenômenos, no entanto, de uma maneira geral, foram de pequena intensidade.





Cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul (Fonte: Último Segundo)





As ocorrências de queda de neve foram registradas, principalmente, na área serrana e no nordeste do Rio Grande do Sul, bem como no planalto sul de Santa Catarina.

O fenômeno representa fonte de riquezas, uma vez que a neve desperta curiosidade, atraindo muitos turistas, que lotam os hotéis das cidades a fim de presenciar e/ou experimentar a sensação de um inverno rigoroso. Ainda mais, em território brasileiro...

2 comentários:

Tamiris Neves disse...

Acho neve tão bonito. Agora, se quiser ver basta só viajar pra região sul do país, sai bem mais barato rs

Marli Vieira de Oliveira disse...

Tamiris,

Apesar de ter morado em Santa Catarina, eu nunca vi de perto a neve, pois a precipitação ocorre no planalto e nas serras. Como eu morava na Grande Florianópolis (litoral), outros fatores influenciavam o clima, amenizando o rigor do inverno (maritimidade, massas de ar e correntes marítimas) e, também, porque eu vinha para o Rio de Janeiro em julho.

Mas, não esqueça do Pico das Agulhas Negras, aqui, no Rio de Janeiro. A altitude também provoca geada e precipitação nival. E, além disso, é bem mais perto. É só rezar para que caia neve.

Beijos