segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Planejamento, Planos, Projetos etc.: Conceitos que bem aplicados dão resultados


 
Imagem capturada na Internet (Fonte: Noivas Apaixonadas

Por mais que nós, professores, estejamos ainda de férias e movidos pela desconcentração de nossas mentes acerca das atividades docente, muitas das vezes, nos encontramos a pensar no início do ano letivo, no planejamento escolar e nas metas que queremos alcançar em 2012.
De uma maneira geral, a reflexão acerca do trabalho realizado é feita, ainda, em dezembro do ano que se encerrou, quando vemos o calendário “voar” sobre o referido mês. Esta reflexão pode se estender (e até se estende) no mês de janeiro e, depois, em fevereiro, quando retornamos às atividades, inicialmente, baseada no planejamento coletivo ou por áreas de conhecimento (Geografia, História, Matemática etc.).
Mesmo sabendo que o momento coletivo vai ocorrer e que este é de fundamental importância em se tratando do ambiente escolar (todos sob os mesmos princípios e propósitos voltados para uma qualidade de ensino e uma escola de qualidade), não acredito que haja alguém que deixe de pensar e esquematizar – mesmo a sob a forma de rascunho mental – um planejamento e/ou um plano de ação com vista ao ano iniciado.
Há, ainda, aqueles que chegam ao nível de rascunhar em papel ou em seu PC.
Este ato de planejar vem baseado não só no que escola espera oferecer e alcançar (ensino de qualidade e uma escola de qualidade), mas também nas experiências passadas.
Sendo assim e tomando por base uma atividade desenvolvida no curso Mídias na Educação (E-proinfo), achei oportuno – inclusive – pelo momento, citar alguns conceitos, a saber:
. Plano
Eu o conceituo como um documento contendo propostas de ações com objetivos pré-estabelecidos, ou seja, contendo a proposta pedagógica em uma determinada área de conhecimento sob uma modalidade de ensino específica (Ensino Fundamental ou Ensino Médio). Este, no entanto, é flexível, sujeito a alterações quando necessárias.
. Projeto ou Programa
Conjunto de ações processuais, desenvolvido em etapas (ou fases), visando atingir objetivos e metas específicos dentro de um prazo pré-estabelecido
. Processo
É o caminho vivenciado desde a sua concepção até a concretização de seus resultados, ou seja, todo processo possui princípio, meio e fim.

 . Planejamento
É o instrumento norteador de todo o processo educativo, com fundamentos teórico-metodológicos, cujas ações são direcionadas a subsidiar o ensino-aprendizagem, facilitando o trabalho docente (ensino) e a compreensão do discente (aprendizagem).

Nenhum comentário: