domingo, 10 de junho de 2018

Tipos de Indústrias: Produção Industrial e Nível Tecnológico

Imagem capturada na Internet
Fonte: Pixabay

 Texto atualizado em 11/06/2018, às 18h00

. INDÚSTRIA

A indústria pode ser definida como o conjunto de atividades econômicas que transforma a matéria-prima em produtos semiacabados ou acabados, os quais são destinados, respectivamente, a outras indústrias e ao consumidor final (população geral).
A matéria-prima, em geral, é extraída da natureza ou desenvolvida pelo homem no campo. Elas podem ser adquiridas, por meio de compra, diretamente do produtor (ou fornecedor), podendo também ser produzida pela própria empresa.
As indústrias podem ser classificadas de duas formas, isto é, de acordo com o bem produzido (a produção industrial) e, também, pelo seu nível tecnológico (tecnologia empregada no seu processo de produção).

1. Classificação de acordo com a PRODUÇÃO INDUSTRIAL:

 1.1. Indústria Extrativista (vegetal e mineral)
 Com a utilização de equipamentos modernos de exploração, domínio de conhecimentos técnicos e científicos, emprego de mão de obra especializada entre outros aspectos intrínseco a suas atividades, esta extrai a matéria-prima da natureza para ser utilizada em outras indústrias.

Exemplos: Madeireiras, mineradoras e petrolíferas.


Madeireira
Imagem capturada na Internet
Fonte: CIPEM

Plataforma de extração de petróleo
Imagem do meu acervo particular
 
1.2. Indústria da Construção Civil
Compreende desde o segmento de materiais de construção, passando pela construção propriamente dita (casas, edifícios residenciais, rodovias, viadutos, edificações industriais e comerciais, entre outros).


Construção civil
Imagem do meu acervo particular

 1.3. Indústria de Transformação
É toda aquela que transforma a matéria-prima em outra matéria prima (nova matéria-prima ou secundária) ou em um produto semiacabado ou acabado, destinado a outras indústrias ou ao consumidor final (população).

Em consequência disso, a Indústria de Transformação é dividida em três tipos:

     1.3.1. Indústria de bens de produção (ou Indústria de Base): Ela transforma a matéria-prima bruta em matéria-prima secundária, a qual servirá de base para a produção de outras indústrias (fabricação de seus produtos). A Siderurgia, Metalurgia e Petroquímica são exemplos de indústrias de bens de produção ou de base.  
Exemplos de Produtos produzidos (matéria-prima secundária): chapas metálicas (ferro e alumínio), tubos e bobinhas.

Laminação do aço em uma Usina Siderúrgica
Imagem capturada na Internet


OBSERVAÇÃO:
. A indústria de bens de produção ou de Base também é denominada de indústria pesada devido ao fato de trabalhar com grandes quantidades de matéria-prima bruta, pesada.

     1.3.2. Indústria de Bens de Capital ou Indústria Intermediária: Ela produz máquinas, equipamentos ou instrumentos que são imprescindíveis a outras indústrias, ou seja, fabrica produtos ou peças que servirão, respectivamente, para produção de mercadorias de outras indústrias e/ou para finalizar a montagem de um produto.

Exemplos de Produtos produzidos: máquinas, motores, ferramentas e autopeças.


Autopeças
Imagem capturada na Internet


OBSERVAÇÃO:
. Alguns autores englobam a indústria de bens de produção (ou de Base) nesta categoria, isto é, na de Bens Intermediários ou de Bens de Capital, tendo em vista que ambas produzem produtos semiacabados, os quais serão empregados em outras indústrias.

     1.3.3.  Indústria de Bens de Consumo: Ela produz a mercadoria propriamente dita, ou seja, o produto final (acabado), o qual se destinará ao consumidor, que vai adquiri-lo por meio de sua comercialização e compra.

Em razão da natureza dos bens produzidos, estas são classificadas em:
- Indústria de bens de consumo duráveis: produz bens para consumo a longo prazo, tais como, eletrodomésticos, automóveis, aparelhos eletrônicos, móveis etc.

- Indústria de bens não-duráveis: produz bens para consumo a curto e médio prazo. Exemplos: medicamentos, vestuário, alimentos, calçados etc.


2. Classificação de acordo com a TECNOLOGIA empregada no processo de produção (nível tecnológico):

2.1. Indústrias Tradicionais
São as indústrias clássicas, as mais antigas, que se caracterizam pelo uso de pouca tecnologia, pelos baixos investimentos técnico-científico, automatização mínima e o emprego de muita mão de obra. Em seu processo de produção, elas utilizam grandes quantidades de matéria-prima, pesadas, e de fontes de energia.

Exemplos: indústrias têxtis, metalurgias, siderurgias, calçados, móveis, entre outras.
  

Indústria Têxtil
Imagem capturada na Internet
Fonte: Sintenutri


2.2. Indústrias Modernas
Estas se caracterizam pelos altos investimentos técnico-científico, no uso intensivo de máquinas mais modernas, com nível de automação superior ao das indústrias tradicionais, havendo - por isso - um número reduzido de mão de obra, sendo estes especializados.

Exemplos: indústrias petroquímicas, automobilísticas, eletrônicas etc.

Indústria Automobilística
Imagem capturada na Internet

2.3. Indústrias de Ponta ou High Tech
São aquelas que utilizam as mais recentes inovações tecnológicas no âmbito da III Revolução Industrial (ou Revolução Técnico-Científica). Por isso, empregam tecnologias altamente sofisticadas, como a robotização e automação das empresas. Há um número bem reduzido de mão de obra e esta, necessariamente, tem que ser extremamente qualificada. Investem constantemente em pesquisas e em inovações tecnológicas.

Exemplos: indústrias de telecomunicações, biotecnologia, aeroespacial, produtos eletrônicos etc.

Indústria Aeroespacial
Imagem capturada na Internet
Fonte: Wikipédia

Fontes de Consulta
. Material Didático particular
. VIEIRA, Bianca Carvalho. Ser Protagonista: Geografia. 1° Ano – Ensino Médio, Edições SM, São Paulo, 2018

3 comentários:

Guilherme Martins disse...

Professora as indusindús e um meio bem util da criação de materiais como mesas, lápis e moveis porem tras muita poluição por causa da fumaça que sai sem falar dos resíduos dispersados no ar,lagos e rios

Luan gonçalves disse...

Professora é realmente bem interessante as indústrias mas em minha opinião algumas também são ruins‚ pois muitas pessoas trabalham horas absurdas por um salário baixo e com péssimas condições de trabalho‚ o que causa grande estresse emocional e desgaste físico com o trabalhador. E também com a robotização nas empresas muitas pessoas estão perdendo seus empregos e as empresas também poluem extremamente o meio ambiente.Acho isso uma coisa ruim mas também ajudam bastante pois produzem remédios e utensílios necessários para nosso bem estar. É estranho ver uma coisa boa para os seres humanos mas ao mesmo tempo prejudicial ao meio ambiente

Luan gonçalves. T:2002

Luan gonçalves disse...

Professora é realmente bem interessante as indústrias mas em minha opinião algumas também são ruins‚ pois muitas pessoas trabalham horas absurdas por um salário baixo e com péssimas condições de trabalho‚ o que causa grande estresse emocional e desgaste físico com o trabalhador. E também com a robotização nas empresas muitas pessoas estão perdendo seus empregos e as empresas também poluem extremamente o meio ambiente.Acho isso uma coisa ruim mas também ajudam bastante pois produzem remédios e utensílios necessários para nosso bem estar. É estranho ver uma coisa boa para os seres humanos mas ao mesmo tempo prejudicial ao meio ambiente

Luan gonçalves. T:2002