segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Expressões Populares do Folclore Brasileiro





Dando continuidade à temática Folclore Nacional, vejamos algumas de suas expressões mais importantes.




. LENDAS

São histórias simples, nas quais o real e o irreal se combinam de acordo com a imaginação do homem sobre um determinado mito (personagem).

Exemplos: As lendas da Mula-Sem-Cabeça; do Lobisomem; do Saci Pererê, do Negrinho do Pastoreiro etc.


Saci Pererê



Lobisomem


Links interessantes:

BrasilFolclore

Escola, Informática, Educação, Crianças




DANÇAS

As danças folclóricas são manifestações populares, desenvolvidas – periodicamente - de forma individual ou em conjunto, sob um contexto histórico, religioso ou festeiro.

A música, o uso de instrumentos e os trajes são outros elementos importantes nas danças, podendo haver, também, cenários representativos.

De uma maneira geral, o cenário é público, como as ruas, a praça e largos.

Exemplos: Maracatu, Frevo, Samba de Roda etc.

Frevo


Quadrilha



Links Interessantes

Terrabrasileira

Danças Folclóricas




FOLGUEDOS

Os folguedos são festas populares com música, dança e representação teatral.

A maior parte dos folguedos é de origem religiosa e, apesar de ocorrerem em todo o país, estão mais presente na cultura nordestina.

Com o passar dos anos, muitos folguedos foram sofrendo mudanças em termos de coreografias, vestimentas e acessórios.

Exemplos: Afoxé, Cavalhada, Bumba-meu-boi, Caboclo, Folia dos Reis etc.

Festa Junina

Carnaval


Cavalhada

Links Interessantes

Sua Pesquisa

Wikipedia



BRINCADEIRAS

Grande parte das brincadeiras folclóricas são antigas e de domínio popular, as quais mantêm as regras básicas, que foram passadas de geração a geração.

Exemplos: Amarelinha, Passa Anel, Cabra Cega, Bola de gude, Cabo de Guerra, jogo de pião, soltar pipa, pega-pega, esconde-esconde etc.

Pião






Amarelinha



Links Interessantes

O Mundo da Alfabetização

Sua Pesquisa




PROVÉRBIOS OU DITOS POPULARES

São frases ou expressões que geralmente têm uma conotação moral. Eles transmitem conhecimentos baseados na experiência de vida das pessoas.

Embora, muitos tenham sido criados em tempos remotos, o fato de abordarem assuntos ligados ao cotidiano, são empregados até hoje.

Exemplos: A pressa é a inimiga da perfeição; Cavalo dado não se olha os dentes; Quando um não quer, dois não brigam; O seguro morreu de velho; Falar é fácil, fazer é que é difícil..



Chorar o leite derramado




Tirar água do joelho



Links Interessantes

Cultura Brasil (provérbios ilustrados)

Mulher Virtual



TRAVA-LÍNGUA

São frases ou versos com grande concentração de palavras de difícil pronúncia ou com os mesmos sons, em ordem diferente.

Daí, o grande desafio... Falar rapidamente e sem errar. O fato de dificultar a dicção correta, a brincadeira é chamada “trava-língua”.

Exemplos:

. Pedro tem o peito preto, O peito de Pedro é preto; Quem disser que o peito de Pedro é preto, Tem o peito mais preto que o peito de Pedro;

. Chupa cana chupador de cana na cama chupa cana chuta cama cai no chão;

. - Alô, o tatu taí? - Não, o tatu num tá. Mas a mulher do tatu tando é o mesmo que o tatu tá;

. O doce perguntou ao doce, qual é o doce mais doce e o doce respondeu ao doce, que o doce mais doce, é o doce de batata-doce.




Trava-língua


Links Interessantes

Trava-Língua

Sua Pesquisa





SUPERSTIÇÕES E CRENDICES

De uma maneira geral, as superstições e as crendices estão relacionadas ao medo do desconhecido, associada a uma atitude defensiva e justificada pela intenção de se evitar um mal ou algo indesejado.

Vários acessórios são utilizados para atingir este fim, tais como os amuletos e os talismãs, assim como outros mecanismos, como banhos de ervas e incensos para limpar a pessoa e o ambiente.

Acreditar na existência real de alguns mitos do nosso folclore (saci pererê, a mula-sem-cabeça, o lobisomem, entre outros) reforçam à insegurança das pessoas e suas crendices.

Exemplos:

- Não se deve passar debaixo de escadas ou quebrar espelho, pois dá azar;

- Deixar chinelos ou sapatos emborcados atrai desgraças;

- Pisar em rabo de gato atrai malefícios, entre outros.

Há outras superstições, no entanto, que estão relacionadas à crença de trazer boa sorte, como por exemplo, comer uva na virada do ano, jogar o dente de leite da criança no telhado para nascer dentes fortes, levantar com o pé direito etc.




Evitar passar embaixo de escada





Trevo de quatro folhas




Links Interessantes

Brasil Folclore

Fundação Joaquim Nabuco





ADIVINHAÇÕES

São formas lúdicas de enigmas populares ou de charadas.

Exemplos:

- Qual a cabeça que não tem medo de pancada? (cabeça do prego);

- Responda depressa Não seja bocó. Está no pomar E no seu paletó. (manga).


Links Interessantes

Sua Pesquisa

Varal do Folclore




SIMPATIA

É considerada por muitos como uma forma de magia ou feitiçaria popular (poderes ocultos).

Em geral, a simpatia é realizada com um conjunto de atos, manipulações e palavras preestabelecias.

Devido o fato de algumas simpatias serem simples, alguns as denominam de "magia simpática".

Exemplos: Para aumentar o amor entre os noivos

- Na noite da véspera do dia de Santo Antônio, prepare um vaso e plante nele duas mudas de amor-perfeito, dando a uma delas o seu nome e, à outra, o nome de seu noivo. No dia seguinte, pegue um pouco de cinzas de qualquer fogueira que tenha sido acesa na noite anterior e espalhe-a sobre a superfície do vaso. Cuide bem dessas duas plantinhas, como cuidará de seu amor.


Links Interessantes

Curiosidades Esotéricas

Simpatias





CANTIGAS DE NINAR

São acalantos ou canções de ninar, simples, que as pessoas entoam para ajudar as crianças a dormir.

Exemplos:

1. Boi, boi, boi,

Boi da cara preta.

Pega este menino

Que tem medo de careta



2. Se Essa Rua Fosse Minha

Se essa rua, se essa rua fosse minha

Eu mandava, eu mandava ladrilhar

Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante

Só pra ver, só pra ver meu bem passar

Nesta rua, nesta rua, tem um bosque

Que se chama, que se chama, Solidão

Dentro dele, dentro dele mora um anjo

Que roubou, que roubou meu coração

Se eu roubei, se eu roubei seu coração

É porque tu roubastes o meu também

Se eu roubei, se eu roubei teu coração

É porque eu te quero tanto bem.



Boi da Cara Preta



Links Interessantes

Infoescola

Letras.mus.br





PARLENDAS

São versos de rima fácil, cuja temática infantil tem a finalidade principal de entreter e distrair as crianças.

Exemplos:

1. Um, dois, feijão com arroz.

Três, quatro, feijão no prato.

Cinco, seis, chegou minha vez

Sete, oito, comer biscoito

Nove, dez, comer pastéis.

2. Cadê o toucinho que estava aqui?

- O rato comeu.

Cadê o rato?

- O gato comeu.

Cadê o gato?

- Fugiu pro mato.

Cadê o mato?

- O fogo queimou.

Cadê o fogo?

- A água apagou.

Cadê a água?

- O boi bebeu.

Cadê o boi?

- Está moendo trigo.

Cadê o trigo?

- O padre comeu.

Cadê o padre?

- Está rezando missa.

Cadê a missa?

- A missa acabou.




Parlendas




Links Interessantes

Parlendas

QDivertido.com.br


________________________________________

Há muitos mais para ser explorado no folclore nacional, como a literatura de cordel, o jogo de capoeira, entre outros.

Além destes endereços, acima citados, a Internet oferece uma infinidade de sites e blogs que tratam da temática, O Folclore Nacional. Eu também recomendo o Blog Cultura Nordestina.

Há, também, quem defenda e critique as Cantigas de Ninar do nosso folclore. Inclusive, entre o grupo que faz duras críticas ao conteúdo e sentido negativo das canções traduzem que o povo brasileiro tem auto-estima baixa.

Por um lado, há certa coerência no discurso deste ao fato de muitas cantigas usarem figuras ou situações temerosas voltados para um público infantil, mas - por outro lado - discordo plenamente quando um dos argumentos usados é que o povo brasileiro tem auto-estima baixa.

Há uma publicação a respeito desta crítica às Cantigas de Ninar no site Por trás das letras (Hélio Consolaro), onde ele publicou uma crônica intitulada Inocência perdida das canções de ninar.

Um outro registro que procurei sem muito sucesso acerca da mesma situação, ou seja, críticas às cantigas, foi no You Tube através da entrevista do ator Nelson Freitas no Programa do Jô Soares, que eu assisti. Só que o vídeo que encontrei no You Tube não exibe a entrevista por completo.

Por isso, acabei procurando, no mesmo site, um vídeo relacionado com a peça do ator Nelson Freitas e encontrei (só que este apresenta o emprego de palavrões). Quem tiver interesse, acesse o seguinte endereço do You Tube

Imagem capturada na Internet

5 comentários:

Tamiris Neves *--* disse...

Professora, hoje na escola teve uma peça sobre o folclore. A peça falava sobre o boi-bumba; que no caso faz parte do folclore do norte do país.

Marli Vieira disse...

É isso mesmo! Que bom que a escola promoveu uma peça. O projeto foi da escola mesmo ou foi do SESC?

Beijos

Tamiris Neves *--* disse...

Foi do SECS.

LOLY CRAT FOTOILUSTRAÇÃO disse...

professora, gostaria de saber sua opinião sobre a crítica das canções de ninar e se há um respaldo psicológico, a favor delas. Grata. Liliana

Anônimo disse...

parabens pelo blog...
Na musica country VIRGINIA DE MAURO a LULLY de BETO CARRERO vem fazendo o maior sucesso com seu CD MUNDO ENCANTADO em homenagem ao Parque Temático BETO CARRERO WORLD em PENHA/SC. Asssistam no YOUTUBE sessão TRAPINHASTUBE, musicas como: CAVALEIRO DA VITÓRIA, MEU PADRINHO BETO CARRERO, ENTRE OUTRAS...
VIRGINIA DE MAURO a LULLY é o sonho eterno de BETO CARRERO e a mão de DEUS.
vou divulgar este maravilhoso blog