quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Agricultura - Parte II


PRINCIPAIS MODOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA

O modo de como a agricultura é desenvolvida difere muito de um país e/ou região para outra, seja em função da topografia, das condições naturais do solo e do clima, por questões socioeconômicas, das técnicas empregadas, entre outros aspectos.

Em linhas gerais, podemos agrupa-los da seguinte maneira:

 . AGRICULTURA NOS EUA

Caracteriza-se por uma das mais modernas e produtivas formas de produção do mundo.  Trata-se de um zoneamento agrícola (os Green Belts do Nordeste, o Central Belt, o Sul e o Oeste), delimitado por grandes faixas, zonas ou cinturões agrícolas (Belts), escolhido conforme o histórico de povoamento (colonial), as condições climáticas, o tipo de solo e o acesso ao mercado.

- Predomínio da agricultura intensiva e comercial;

- Grandes propriedades rurais (latifúndios altamente produtivos);

- Técnica agrícola: Policultura com elevada mecanização e Agropecuária;

- Produtividade e rentabilidade elevadas;

- Prioridade: Mercado interno;

- Agressiva política de subsídios agrícolas, por parte dos Governos,

- A agroindústria e o agronegócio: mais extensos e desenvolvidos do mundo;

- Inovações Tecnológicas: incorporação dos mais avançados conhecimentos técnicos e científicos às práticas agrícolas;

- Fatores favoráveis: grande extensão territorial, solos férteis, uso de técnicas modernas, subsídios do governo, barreiras comerciais, condições climáticas variadas etc. (um dos maiores exportadores de produtos agrícolas).


 Imagem extraída e trabalhada no Adobe Photoshop
Livro Novíssimo Curso Vestibular - Geografia Geral I e II 
AZZI, Ricardo Gurgel - Nova Cultural  - SP - 1991


De acordo com este Zoneamento Agrícola, podemos observar a seguinte especialização de cultivos no território estadunidense contíguo (com exceção dos estados Alasca e o Havaí):
 
. Oeste (clima semiárido): Citrus Belt ou Dry Farming (frutas e agricultura irrigada), como laranjas, uvas vinícolas, morangos, legumes e verduras. Cria-se o gado leiteiro. Nos planaltos de Colúmbia e Colorado se encontram as maiores propriedades rurais do país, com predomínio da pecuária bovina de corte e a ovina (ovelhas, carneiros, cordeiros);
 
. Leste (clima mais úmido): destacam-se a Dairy Belt (leite), a avicultura e legumes;
 
. Centro-Oeste ou Meio- Oeste (clima úmido): desenvolvem-se o Wheat Belt (trigo), o Corn Belt (milho), o Cotton Belt (algodão) e, também, o Dairy Belt (leite);
 
. Sul (clima subtropical): destacam-se o Fruit Belt (culturas subtropicais), com importantes cultivos de laranja, cana-de-açúcar, tabaco e arroz, além do Cotton Belt (algodão) e da pecuária extensiva.
 
 

OBSERVAÇÃO: Nos cinturões agrícolas, além do cultivo principal, existem também cultivos secundários. Daí, estes não serem monocultores.
 
 
. AGRICULTURA NA EUROPA OCIDENTAL
 
- Predomínio da agricultura intensiva e comercial;
 
- Predomínio das pequenas propriedades, os minifúndios (territórios pequenos e altamente urbanizados);
 
- Técnica agrícola: Policultura;
 
-  A mecanização no campo não é excessiva, embora muito utilizada;
 
- Produtividade e rentabilidade: elevadas;


- O setor agropecuário, em padrão industrial, com alta tecnologia responde pela grande produtividade;

- Prioridade: Mercado interno;
  
- Agressiva política de subsídios agrícolas, por parte dos Governos, favorecendo a formação de excedentes de alguns produtos (exportação);
 
- Emprego de sistema tradicional de cultivo: Rotação Trienal:
 
 
1º Ano
 
Trigo e Beterraba
 
Centeio e Batatinha
 
Forrageira
 
2º Ano
 
Centeio e Girassol
 
Forrageira
 
Trigo e Beterraba
 
3º Ano
 
Forrageira
 
Trigo e Beterraba
 
Centeio e Batatinha
 
 
. AGRICULTURA NA AMÉRICA LATINA E NA ÁFRICA
 
- Os sistemas mais desenvolvidos são a agricultura itinerante e a plantation.
 
. Agricultura itinerante:
 
- Prioridade: subsistência, ou seja, para o próprio sustento do agricultor e de sua família;
 
- Consiste na roça propriamente dita;
 
- Praticada, majoritariamente, pelos membros da família (agricultura familiar);
 
- Técnica agrícola: Policultura;
 
- Pequenas e médias propriedades rurais;
 
- Mão de obra não qualificada;
 
- Emprego de técnicas e instrumentos rudimentares, sob o sistema de derrubada da mata, queimada, plantio e colheita (lavoura sobre queimada), com o uso de enxada, machado, foice e arado;
 
- Emprega poucos recursos para correção e melhorias do solo, em geral, faz-se a prática das queimadas. Quando há o esgotamento do solo, abandona-se em busca de uma outra área para cultivar;
 
- Principais produtos: mandioca, milho, inhame, batata, feijão, arroz de sequeiro, hortaliças etc.;
 
- Baixa produtividade e rentabilidade (quando há a troca do excedente por outros produtos).
 
 Imagem capturada na Internet para efeito ilustrativo de roça
(Fonte: Vozes do Verbo)
 
. Plantation:
 
- Herança de modo de produção colonial, introduzida pelo colonizador europeu (colonização de exploração) e praticada até hoje;
 
- Monocultura;
 
- Prioridade: comercial, voltada para o mercado externo (exportação);
 
- Grandes propriedades rurais (latifúndios);
 
- Emprego de mão-de-obra barata (desqualificada);
 
- Dependendo do tipo de cultura e das condições de trabalho vigentes há uma maior absorção de mão-de-obra, capaz de garantir a produção em larga escala, pautada – na maioria das vezes – na exploração e, até, no chamado trabalho escravo contemporâneo (moderno);
 
- Sob o desenvolvimento de um agronegócio, cada vez mais predominante, a mão de obra é pequena e especializada devido a elevada mecanização do campo;
 
- Os produtores ficam na dependência das oscilações do preço de mercado.
 
Imagem capturada na Internet para efeito ilustrativo de monocultura
 
. AGRICULTURA NA ÁSIA DAS MONÇÕES
 
- Principais áreas de cultivos: Sul e Sudeste Asiático, com destaque para a China, Japão e Tailândia;
 
- Técnica: Policultura;
 
- Pequenas e médias propriedades;
 
- Agricultura tradicional e intensiva, com uso de técnicas mais ou menos aprimoradas, como o terraceamento (em áreas montanhosas), adubação e irrigação;
 
- Prioridade: Mercado interno, contudo a produção da Tailândia é voltada para o mercado externo, sendo o país considerado um dos maiores exportadores mundiais de arroz;
 
- Formas de cultivo: jardinagem (rizicultura em planícies inundáveis) e terraceamento (construção de terraços) em áreas montanhosas;
 
- Principal produto: Arroz (rizicultura). Apesar do arroz ser dominante, há outros cultivos associados (policultura);
 
- Mão de obra abundante: intenso trabalho manual (braçal) em todas as fases (adubação, plantio e colheita), bem como na construção de canais de irrigação, dos terraços e diques;
 
- Boa produtividade (otimização do espaço);
 
- Dependência das condições naturais, sendo semeado durante as monções de verão ou marítimas (época chuvosa).
 
Imagem capturada na Internet para efeito ilustrativo de jardinagem
(Fonte: Vozes do Verbo)


Imagem capturada na Internet para efeito ilustrativo de terraceamento
(Fonte: Wikipédia - Ficheiro: LongjiTerracesCC BY-SA 3.0)
 
 
 Fontes:
 
. AZZI, Ricardo Gurgel - Novíssimo Curso Vestibular: Geografia Geral I e II, Editora Nova Cultura Ltda, SP, 1991.
 
 
. Material Didático particular
 
 
. Wikipédia


Nenhum comentário: