quinta-feira, 30 de julho de 2015

Campanha da Solidariedade 2015: O quê aconteceu?

 
 
Logotipo da Campanha da Solidariedade da E.M. Dilermando Cruz
 

Muitos alunos e até responsáveis me cobraram, no primeiro semestre deste ano, quando eu iria começar a arrecadação dos donativos para a Campanha de Solidariedade da E. M. Dilermando Cruz, da qual sou professora responsável desde 2007.
 
Como muitos sabem, tanto por fazer parte da Comunidade Escolar da mesma quanto por acesso ao Blog, a segunda turma - que assumiu o compromisso de arrecadação de donativos às duas Instituições ligadas ao tratamento de crianças com câncer (Hospital Mário Kroeff e Casa de Apoio à Criança com Câncer – São Vicente de Paulo) - concluiu o Ensino Fundamental no ano passado, cabendo a escolha de uma nova turma para o ano subsequente, ou seja, 2015.
 
A escolha foi feita e alguns alunos da antiga turma (1901/2014), assim como o ex-aluno Deyvison Sousa (blusa e bermuda vermelha), todos no Ensino Médio, foram até à Unidade Escolar, no dia 06 de março do ano em curso, fazer o comunicado e convite à Turma 1602, a qual havia sido sugerida pelos próprios professores do I segmento do Ensino Fundamental, no ano passado.

 
Feito o convite e aceito, os alunos da Turma 1602 levaram o Termo de Autorização aos seus respectivos responsáveis, mas a Campanha mesmo não foi realizada.

No dia da Reunião dos Responsáveis do 1˚ Bimestre, realizada no sábado, dia 16 de maio, além dos informes gerais sobre o desempenho escolar e outros referentes à referida turma e a entrega dos boletins, os mesmos tomaram ciência dos motivos da não realização da Campanha  diante do quadro geral de indisciplina dos alunos.
 
As atividades pertinentes à arrecadação implicam, entre outras coisas, responsabilidade, compromisso, respeito, seriedade e organização. E, de uma forma geral, a grande maioria dos alunos ainda se mostra imatura a assumir tais “obrigações”.
 
Mas, tanto o último Conselho de Classe (2˚ Bimestre), onde – nós, professores e Direção - discutimos e procuramos estabelecer estratégias para amenizar a indisciplina geral das turmas do 6˚ Ano, quanto esse período do recesso escolar foram fundamentais para avaliar as possibilidades de engendrar ou não a I Campanha da Solidariedade do ano de 2015.
 
Sugeriram até que eu pegasse outra turma que leciono (no caso do 8˚ Ano) para que eu iniciasse a mesma, mas esta alternativa foge à regra de iniciar as atividades com os alunos que ingressaram no 6˚ Ano e, com a qual, vão assumir o compromisso até o 9˚ Ano, em 2018.  E, além disso, os responsáveis já concordaram com a participação dos alunos.
 
Neste primeiro semestre, a incerteza dominou a minha cabeça, mas eu fiz a minha parte, embora parcialmente, mas fiz. Arrecadei e doei, à Casa de Apoio à Criança com Câncer – São Vicente de Paulo, algumas unidades de leite em pó, brinquedos usados em bom estado de conservação e roupas semi-novas e/ou usadas. A entrega foi feita no último dia 25 de julho(sábado).
 
Aguardem novidades...
 

 

4 comentários:

Amanda Assis disse...

Boa Noite professora,muito bacana a sua atitude e de seus alunos,pois fiz a mesma coisa só que não foi pro Hospital Mário Kroeff e Casa de Apoio à Criança com Câncer – São Vicente de Paulo,mais sim para o INCA (Instituto Nacional do Câncer - Centro da Cidade),inclusive doei meu cabelo para fazer as crianças felizes,assim como a senhora fez.

Amanda Assis
Turma:2005
Nº:05
Escola:C.E.P.S.R.S

Marli Vieira de Oliveira disse...

Amanda Assis, que lindo gesto seu! Poucas são as pessoas que ainda pensam e agem de forma solidária e com o espírito altruísta. Parabéns por fazer a diferença. Fiquei muito feliz em saber. Beijos e até terça feira.

Bruno Santos disse...

É uma pena mesmo...
Porém se tivesse me avisado teria doado algumas gelatinas para a senhora levar pra casa de apoio.
Abraço

Marli Vieira de Oliveira disse...


Bruno, obrigada pela atenção a esta causa. Você, assim como os alunos da antiga turma fizeram muito pelas duas Instituições. Não se preocupe, pois farei neste semestre agora. Acho que será através da Campanha, que muitos alunos irão amadurecer e melhorar em termos de conduta e desempenho escolar. Obrigada! Eu não tenho entrado no Facebook, porque a minha página está congelada, não consigo fazer nada (nem publicar ou responder). Beijos