domingo, 1 de agosto de 2010

XII Censo Demográfico do Brasil


Imagem capturada na Internet (Fonte: Google)



"Fazer o Censo é uma atribuição do IBGE,
mas é uma responsabilidade da sociedade
como um todo".
 

Outro tópico do 7º ano, em destaque nas mídias, diz respeito ao trabalho de coleta de dados demográficos (ligados à população) que teve início hoje (01/08) e vai se estender até o dia 31 de outubro. Trata-se do XII Censo Demográfico do país.

Os agentes recenseadores foram treinados pelo órgão federal responsável pelo levantamento, ou seja, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mais conhecido por sua sigla IBGE.

Os censos populacionais constituem a única fonte de informação sobre a situação de vida da população nos municípios e localidades. As realidades locais, rurais ou urbanas dependem dos censos para serem conhecidas e atualizadas” (IBGE).
De hoje até o final do mês de outubro, os 192 mil recenseadores contratados e treinados realizarão o levantamento demográfico (população) e de outros dados sócio-econômicos (transporte, educação, saúde etc.), com vistas a delinear o "retrato" do nosso país, o seu tamanho, a sua gente e como os brasileiros vivem. Para isso, estes agentes irão percorrer 5.565 municípios brasileiros, distribuídos nas 27 unidades federativas do país (26 estados e 1 Distrito Federal).
 
O Brasil é o quinto país mais populoso do mundo (superado apenas pela China, Índia, EUA e Indonésia). Atualmente, estima-se que sua população seja de 193,2 milhões de habitantes.
Imagem capturada na Internet (Fonte: Gazeta de Joinville)

Entre as muitas inovações que caracterizam o XII Censo Demográfico do Brasil reside no fato de que este será totalmente informatizado. Os recenseadores contarão com uma tecnologia moderna como ferramenta de trabalho.
 
A antiga imagem que marcava a aplicação do questionário nos domicílios, a qual mostrava o agente do IBGE segurando uma prancheta, com questionário em papel e caneta na mão será substituída pelo computador de mão.

O computador de mão é equipado com GPS (Sistema de Posicionamento Global), que permite a localização exata dos locais pesquisados através das coordenadas geográficas (latitude e longitude). Este facilitará não só o trabalho dos recenseadores como aqueles envolvidos nas análises das informações coletadas e processadas.

Ademais, o trabalho dos recenseadores poderá ser acompanhado em tempo real, tendo as informações coletadas transmitidas a um sistema que proporcionará relatórios e gráficos, bem como o andamento da coleta e as quantidades de domicílios e pessoas já recenseadas.
 
Todas as informações coletadas junto à sociedade brasileira servirão de base para a definição de políticas públicas (nacional, estadual e municipal) e para deliberação de investimentos, sejam da iniciativa privada ou de governos para a próxima década.
 
Tal como ocorreu em Censos anteriores, dois questionários serão utilizados no levantamento deste ano, sendo um de amostragem (a ser aplicado em uma fração dos domicílios ocupados) e o outro simplificado.
 
Os primeiros resultados do Censo 2010 estarão disponíveis a partir do mês de dezembro do ano vigente.
 
De acordo com o IBGE, a importância e as principais utilizações dos resultados do Censo são:
 
1. Acompanhar o crescimento, a distribuição geográfica e a evolução de outras características da população ao longo do tempo;
 
2. Identificar áreas de investimentos prioritários em saúde, educação, habitação, saneamento básico, transporte, energia, programas de assistência à infância e à velhice, possibilitando a avaliação e revisão da alocação de recursos público e privado;
 
3. Selecionar locais que necessitam de programas de estímulo ao crescimento econômico e desenvolvimento social;
 
4. Fornecer as referências para as projeções populacionais com base nas quais o Tribunal de Contas da União define as cotas do Fundo de Participação dos Estados e do Fundo de Participação dos Municípios;
 
5. Fornecer as referências para as projeções populacionais com base nas quais é definida a representação política do País: o número de deputados federal, estadual e vereadores de cada estado e município;
 
6. Fornecer parâmetros para conhecer e analisar o perfil da mão de obra em nível municipal, informação esta de grande importância para organizações sindical, profissional e de classe, assim como para decisões de investimentos do setor privado;
 
7. Fornecer parâmetros para selecionar locais para a instalação de fábricas, shopping centers, escolas, creches, cinemas, restaurantes, etc.;
 
8. Fundamentar diagnósticos e reivindicações pelos cidadãos, de maior atenção dos governos estadual ou municipal para problemas local e específico, como de insuficiência das redes de água e esgoto, de atendimento médico ou escolar, etc.;
 
9. Subsidiar as comunidades acadêmicas e técnico-científicas em seus estudos e projetos.

As dimensões do Censo 2010 (IBGE)

. Universo a ser recenseado: todo o Território Nacional;
 
. Número de municípios: 5 565 municípios;
 
. Número de domicílios: cerca de 58 milhões de domicílios;
 
. Número de setores censitários: cerca de 280 mil setores censitários;
 
. Pessoal a ser contratado e treinado: cerca de 230 mil pessoas (coleta, supervisão e apoio, administrativo);
 
. Tecnologia: centenas de computadores em rede nacional; rede de comunicação em banda larga; 220 mil computadores de mão equipados com receptores de GPS;
 
. Unidades executoras: 27 unidades estaduais; 222 Coordenações de Área; 1281 Coordenações de Subárea; cerca de 7 mil postos de coleta informatizados.

Não podemos esquecer que os recenseadores serão identificados através de colete azul e boné com identificação do IBGE, crachá de identificação pessoal (nome e número de matrícula) e computador de mão para as entrevistas.
 
Em caso de dúvidas, o indivíduo a ser entrevistado - de posse do nome e matrícula do agente recenseador, deve ligar para o número 0800 721 8181 (ligação gratuita) e a fim de confirmar a veracidade quanto a identidade deste ou consultar diretamente no site do Censo 2010 IBGE.
 
Vale à pena lembrar que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é uma fundação pública de administração federal, criada em 1934, tendo sido instalada em 1936 com o nome de Instituto Nacional de Estatística. Em 1938, seu nome mudou para a denominação que permanece até hoje.

O seu fundador foi o estatístico Mário Augusto Teixeira de Freitas e a sede do IBGE localiza-se no município do Rio de Janeiro (RJ).


Fontes:
 
. IBGE
 

Um comentário:

Mara marlene Gewehr disse...

Professora Marli.
Adorei o seu blog. Sou Mara professora de geografia num horário e de informática no outro. Poderemos trocar atividades. Parabé de 6 } ao 9 ] ano está tudo por criar e vejo que vc tem ótima s propostas e ações. Podemos fazer uso aqui ?