sábado, 1 de março de 2014

Data Comemorativa: Aniversário da Cidade do Rio de Janeiro


 
 Imagem capturada na Internet (Fonte: Wikipédia - Foto: Rodrigo Soldon)


Hoje, a cidade do Rio de Janeiro está comemorando seus 449 anos de fundação e, mais do que nunca, temos um motivo a mais para comemorar... Estamos em pleno período de carnaval e, por isso, as duas festividades se fundem em um mesmo plano, pois o município do Rio é também reconhecido, mundialmente, como a capital do carnaval em razão dos desfiles das escolas de samba.
 
Mas, fora estas festividades que traduzem alegria para a sua população, poucos sabem da evolução histórica de nossa cidade e de sua importância no quadro político e econômico do país. Mas, bastam apenas olhos atentos em seu acervo histórico, sobretudo, no Centro da Cidade e nos bairros da zona portuária para observar que a sua riqueza histórica é tão grande quanto a sua riqueza natural, a sua bela geografia física. Aliás, uma justifica a outra e se complementaram ao longo dos séculos com a ocupação humana e o seu crescimento urbano.
 
Fundada por Estácio de Sá, em 1º de março de 1565, após a expulsão dos franceses, a preocupação do Estado português  - inicialmente - pairava sobre as fortificações na Baía de Guanabara contra a invasão de estrangeiros.
 
A primeira freguesia criada na cidade (1628) foi a de São Sebastião, no Morro do Castelo. Posteriormente, graças a sua geografia, a cidade desenvolveu-se como porto exportador de açúcar (produção do recôncavo fluminense). Função esta que ganhou maior importância com as descobertas de ouro em Minas Gerais, ainda no século XVII.
 
Em decorrência deste novo ciclo econômico e a sua função portuária, a capital do Brasil (Salvador) foi transferida para a cidade do Rio de Janeiro, em 1763.
 
Sua função político-administrativa e de centro econômico ganhou maior impulso e se fortaleceu com a vinda da Família Real, no início do século XIX. Com o passar dos anos, outras freguesias surgiram, a população aumentou, a cidade cresceu e, depois, a expansão industrial acelerou o uso e ocupação do solo.
 
Em 1960, há nova mudança na capital do país, passando a ser Brasília, a única planejada das três capitais do Brasil.
 
Sua beleza natural, sua história e sua população são fatores que contribuem para que a cidade continue sendo um importante pólo turístico, cultural e comercial.
 
Hoje, a cidade está passando por uma série de obras de vital importância, sobretudo, para a mobilidade urbana, tais como a revitalização da zona portuária com o Porto Maravilha e a Transcarioca que vai ligar a Barra ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador.
 
. População estimada (2013): 6.430 habitantes;
 
. População (2010): 6.320 habitantes;
 
. Área Territorial: 1.200,278 Km2;
 
. Densidade Demográfica: 5.266 hab./km²;
 
. Gentílico: Carioca;
 

Bairros Oficiais
 
1. Zona Central (19)
Bairro de Fátima, Bairro Imperial de São Cristóvão, Benfica, Caju, Castelo, Centro, Catumbi, Cidade Nova, Estácio, Gamboa, Glória, Lapa, Mangueira, Paquetá, Rio Comprido, Santo Cristo, Santa Teresa, Saúde e Vasco da Gama.
 
2. Zona Sul (17)
Botafogo, Catete, Copacabana, Cosme Velho, Flamengo, Gávea, Glória, Humaitá, Ipanema, Jardim Botânico, Lagoa, Santa Teresa, Laranjeiras, Leblon, Leme, São Conrado e Urca.
 
3. Zona Oeste (41)
Anil, Bairro Jabour, Bangu, Barra da Tijuca, Barra de Guaratiba, Camorim, Campo dos Afonsos, Campo Grande, Cidade de Deus, Cosmos, Curicica, Deodoro, Freguesia de Jacarepaguá, Gardênia Azul, Gericinó, Grumari, Guaratiba, Inhoaíba, Itanhangá, Jacarepaguá, Jardim Sulacap, Joá, Magalhães Bastos, Paciência, Padre Miguel, Pechincha, Pedra de Guaratiba, Praça Seca, Realengo, Recreio dos Bandeirantes, Santa Cruz, Santíssimo, Senador Camará, Senador Vasconcelos, Sepetiba, Tanque, Taquara, Vargem Grande, Vargem Pequena, Vila Militar e Vila Valqueire.
 
4. Zona Norte
4.1. Grande Tijuca (07)
Alto da Boa Vista, Andaraí, Grajaú, Maracanã, Praça da Bandeira, Tijuca e Vila Isabel.
 
4.2. Ilha do Governador (17)
Bancários, Cacuia, Cidade Universitária, Cocotá, Freguesia, Galeão, Jardim Carioca, Jardim Guanabara, Moneró, Pitangueiras, Portuguesa, Praia da Bandeira, Ribeira, Tauá, Zumbi, Guarabu e Bananal.
 
4.3. Zona Norte (65)
Abolição, Água Santa, Acari, Anchieta, Barros Filho, Bento Ribeiro, Bonsucesso, Brás de Pina, Cachambi, Cavalcante, Campinho, Cascadura, Coelho Neto, Colégio, Complexo do Alemão, Cordovil, Costa Barros, Del Castilho, Encantado, Engenheiro Leal, Engenho da Rainha, Engenho de Dentro, Engenho Novo, Guadalupe, Higienópolis, Honório Gurgel, Irajá, Inhaúma, Jacaré, Jacarezinho, Jardim América, Lins de Vasconcelos, Madureira, Manguinhos, Maré, Marechal Hermes, Maria da Graça, Méier, Olaria, Oswaldo Cruz, Parada de Lucas, Parque Anchieta, Parque Colúmbia, Pavuna, Penha, Penha Circular, Piedade, Pilares, Quintino Bocaiuva, Ramos, Riachuelo, Ricardo de Albuquerque, Rocha, Rocha Miranda, Sampaio, São Francisco Xavier, Todos os Santos, Tomás Coelho, Turiaçu, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vigário Geral, Vila da Penha, Vila Kosmos e Vista Alegre.

 
Fontes de Consulta
 
 
 

 

Nenhum comentário: