domingo, 5 de março de 2017

2017: Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento


Imagem capturada na Internet


A Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) aprovou e declarou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, na intenção de conscientizar as pessoas sobre a importância desse setor e da conservação do rico patrimônio existente nas três instâncias de abrangência em termos de sustentabilidade, isto é, ambiental, econômica e social.
 
Essa iniciativa é liderada pela Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (OMT), que contou com a colaboração de diversos governos, agências especializadas da ONU, organizações internacionais e outras, todas movidos pelos principais objetivos da campanha:

- Destacar o potencial do turismo para o desenvolvimento econômico sustentável;
- Gerar e/ou aumentar oportunidades de empregos;
- Reduzir direta e/ou indiretamente os níveis de pobreza;
- Conscientizar e promover a conservação do meio ambiente;
- Conhecer e difundir os valores inerentes às diferentes culturas (patrimônio cultural);
- Fortalecer a paz entre os povos.

De acordo com a ONU, “um em cada 11 empregos no mundo são gerados pelo turismo”. Em termos mundiais, o setor é responsável por 7% das exportações mundiais e 10% do Produto Interno Bruto (PIB) global (Agência Brasil).

No entanto, da maneira como o setor do turismo é realizado, tradicionalmente, na maioria das vezes e por culpa tanto do Poder Público quanto pela população local e/ou visitante, a degradação causada impõe sérios riscos a médio e curto prazo, capazes não só de causar a destruição do patrimônio natural e cultural, como também desencadear um desequilíbrio social e econômico na região ou em sua área de abrangência.


Acesso à praia de Massambaba, em Monte Alto
(Arraial do Cabo, Rio de Janeiro)
Foto do meu acervo particular 
 
 
 

 Lixo (Arraial do Cabo)
Fotos do meu acervo particular
 
Morador de rua e muito lixo
em um dos pontos turísticos de Cabo Frio (RJ)
Capela Nossa Senhora da Guia (Foto do meu acervo particular)
 

Por outro lado, o setor - tendo como foco - o Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, sua base política visa justamente a conservação dos recursos naturais, a valorização e a preservação do patrimônio cultural, atendendo tanto aos interesses da (s) comunidade (s) local (s) quanto aos turistas.
 
Trata-se de um desenvolvimento ecologicamente correto que, a curto, médio e a longo prazo, fortalece a economia e promove melhorias em termos de serviços e assistência social a todos.

OBS.: Na primeira página do Blog, a imagem utilizada do Logo do Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento foi capturada do site da Associação Turística de Pedra Azul (ES).

Fontes:
. Agência Brasil
. ONUBR

Nenhum comentário: