terça-feira, 28 de abril de 2009

28 de Abril: Dia da Educação





Hoje, dia 28 de abril, além de ser o dia da Sogra, se comemora o Dia da Educação.

O conceito de Educação é muito abrangente, pois ele não só envolve o processo educativo formal, vinculado a uma instituição (escola e/ou outros estabelecimentos de ensino). Seu universo de abrangência demanda, também, a aprendizagem adquirida – espontaneamente – através da própria cultura da sociedade, na qual o indivíduo faz parte e, ou seja, a sua experiência de vida.

Muitos trabalhadores rurais, por exemplo, mesmo não tendo o conhecimento formal, isto é, aquele adquirido em um estabelecimento de ensino, público ou privado, surpreende qualquer um com as suas noções sobre os fenômenos naturais. Isso se dá pelo seu contato direto e permanente com o campo, com as adversidades do clima e do tempo, bem como outros aspectos ligados à natureza. Neste caso é a experiência, a sua vida cotidiana que produz e reproduz o conhecimento.

Outro exemplo são os povos indígenas, que conhecem - como ninguém - por exemplo, das propriedades medicinais das plantas, sem terem – contudo – estudados em laboratórios de uma Universidade.

Sendo assim, podemos afirmar que o processo – como um todo - engloba tanto ações educativas formais quanto informais; sistemáticas e voluntárias.

“O primeiro objetivo da educação
é criar pessoas capazes de fazer coisas novas,
e não simplesmente de repetir o que outras gerações fizeram –
pessoas criativas, inventivas e descobridoras.

O segundo objetivo da educação
é formar mentes que possam ser críticas,
possam verificar e não aceitar tudo o que lhes é oferecido. (...)
Portanto, precisamos de discípulos ativos,
que aprendam a encontrar as coisas por si mesmos,
em parte por sua atividade espontânea
e, em parte,
pelo material que preparamos para eles.”


(Piaget)



E o papel da escola?

A escola é o espaço institucional e social de referência para o desenvolvimento do conhecimento formal e da socialização.

Por abranger uma grande diversidade cultural, esta é capaz de oferecer subsídios para a promoção de uma política educacional intrinsecamente ligada não só a ações pedagógicas formais quanto a não-formais, também, alicerçadas em um trabalho coletivo (toda a sua Comunidade Escolar), com vistas à formação ampla do aluno.

Formação ampla, no sentido desta permitir não só aquisição do conhecimento, mas, sobretudo, de oferecer as bases para o desenvolvimento das competências e habilidades do aluno, capazes de lhe garantir a autonomia em termos de agentes ativos, interativos e co-responsáveis pela construção do seu conhecimento.


"Ninguém ignora tudo,

ninguém sabe tudo.

Por isso, aprendemos sempre."

Paulo Freire

Alguns aspectos são relevantes, considerando a escola como um espaço institucional e social de referência, a saber:
* O seu acesso não deve ser restrito a um determinado grupo, visto que a mesma deve ser um espaço democrático, inclusivo;
* Espaço de grande diversidade cultural, onde a educação formal e informal funde-se um mesmo plano;
* As relações ultrapassam a hierarquia de seus segmentos, mediados pelo respeito, pelo diálogo e pela ampliação da socialização do grupo;
* Todos os segmentos de sua Comunidade Escolar (alunos, responsáveis, professores, pessoal administrativo e de apoio) participam e se interagem, sob o princípio de responsabilidade coletiva, em prol de uma educação de qualidade e do exercício da cidadania;
* O professor é o agente mediador do processo ensino-aprendizagem, enquanto o aluno é o agente ativo e co-responsável pelo seu processo educativo;
* Cabe aos responsáveis, principalmente, o dever de educar e fazer valer o seu papel junto ao acesso destes ao estabelecimento de ensino, ao acompanhamento do seu processo escolar e da permanência dos mesmos na escola.

Para finalizar, gostaria de compartilhar do poema “A Escola”, de Paulo Freire, que traduz todos estes princípios.



A ESCOLA
( Paulo Freire)

Escola é ...
o lugar que se faz amigos.
Não se trata só de prédios, salas, quadros,
Programas, horários, conceitos...

Escola é sobretudo, gente
Gente que trabalha, que estuda
Que alegra, se conhece, se estima.

O Diretor é gente,
O coordenador é gente,
O professor é gente,
O aluno é gente,
Cada funcionário é gente.

E a escola será cada vez melhor
Na medida em que cada um se comporte
Como colega, amigo, irmão.
Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”
Nada de conviver com as pessoas e depois,
Descobrir que não tem amizade a ninguém.
Nada de ser como tijolo que forma a parede, indiferente, frio, só.

Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar,
É também criar laços de amizade,
É criar ambiente de camaradagem,
É conviver, é se “amarrar nela”!
Ora é lógico...
Numa escola assim vai ser fácil! Estudar, trabalhar, crescer,
Fazer amigos, educar-se, ser feliz.

Nenhum comentário: