segunda-feira, 27 de julho de 2015

Recesso Escolar: Uma pausa sem interrupção do Processo Educativo


Imagem capturada na Internet



Enquanto o recesso escolar da rede estadual começou a partir do dia 18, os alunos da rede municipal de ensino só vão poder contar com esta semana para descansar e aproveitar o tempo sem as responsabilidades escolares.
Mesmo sendo um período curto, de apenas uma ou duas semanas, o recesso escolar no meio do ano é fundamental e importante tanto para os alunos quanto para os professores. Na verdade é uma pausa necessária.

E, por incrível que pareça, esta não significa um rompimento do processo educativo, tendo em vista que os alunos passam a desenvolver outras habilidades importantes em seu próprio processo educativo, assim como que - para os professores - representam além de um momento de descanso, também, de reflexão e avaliação de sua prática escolar, com grandes possibilidades de engendrar um novo planejamento, se necessário for, visando melhorar tanto o ensino quanto à aprendizagem.
 
Além do recesso e das férias escolares, os especialistas assinalam os intervalos de recreio como relevantes para o desenvolvimento dos alunos, tal como afirma um artigo publicado pela Academia Americana de Pediatria (AAP), na Revista Pediatrics (Revista Veja).
 
As férias escolares e também a "hora do recreio" são essenciais para um bom desenvolvimento da criança e é crucial que os estudantes não sejam privados, por qualquer motivo, desse tempo de descanso. (...) Para os médicos, ainda, essas pausas são importantes para que o jovem desenvolva outras habilidades além das acadêmicas, como a comunicação, a cooperação e a partilha. ”
 
O mesmo condena situações em que os alunos são privados de aproveitar destes períodos de pausa, seja do recreio pelos professores e/ou outra autoridade da escola seja no recesso ou férias escolares, pelos pais, como forma de punição.
 
É preciso compreender que estas pausas não representam interrupções no processo educativo, mas sim, uma via integrante e complementar ao seu desenvolvimento intelectual e social.
 
O importante é saber aproveitar o máximo do seu tempo, pois este passa, mesmo contra a sua vontade e, quando você se atenda pra isso, ele já passou e você não fez nada.  
 
Fonte:

. Veja.com Saúde

Nenhum comentário: