sábado, 26 de setembro de 2009

Seropédica: Local do Novo Aterro Sanitário

Imagem capturada na Internet


Esta semana mesma, quando eu e o Prof. Marcelo (também de Geografia) saimos da escola e passamos na frente da Fundação Cidade dos Meninos, comentamos a respeito da possibilidade do novo Aterro Sanitário ser construído na referida área da Fundação.

Comentamos a respeito dos riscos quanto aos impactos ambientais e dos vetores em relação as duas escolas próximas, o CIEP Cora Coralina e a nossa (E.E. Assis Chateaubriand).

Mas, de acordo com o quê foi noticiado ontem, o novo Aterro Sanitário vai ser implantado em Seropédica. O terreno faz divisa com fazenda, uma área de pedreira e um pequeno trecho do bairro do Chaperó. Ela fica a 8 Km de distância da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

O acesso à área será pela Avenida Brasil e pela Estrada Rio-São Paulo e, futuramente, poderá ser feito também pelo Arco Rodoviário do Rio (em construção).

A necessidade da implantação de um novo Aterro Sanitário se deu em função dos sérios problemas ambientais apresentados no Aterro de Gramacho, no município de Duque de Caxias, que além do lixo da própria cidade, recebe ainda da cidade do Rio de Janeiro, São João de Meriti, Mesquita, Nilópolis e Queimados.

A escolha de uma nova área para a destinação do lixo da cidade do Rio de Janeiro e demais municípios passou a girar em torno de quatro opções de localidades: Seropédica, Campo Grande, Nova Iguaçu e Duque de Caxias (área da Fundação Cidade dos Meninos).

No entanto, de acordo com a Secretária Estadual do Ambiente, Marilene Ramos, o licenciamento ambiental do projeto do Aterro Sanitário, em questão, ainda não está concluído.
Apesar das informações anteriores ratificarem que a área de Seropédica apresenta baixa vulnerabilidade ambiental, o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) ainda não avaliou alguns estudos recebidos, recentemente, sobre os impactos do empreendimento em si na área.

Ademais, há uma questão bastante polêmica a ser avaliada com seriedade... A área destinada para a construção e implantação do novo Aterro Sanitário fica sobre o Aquífero Piranema, avaliado como o terceiro maior reservatório de água subterrânea (potável) do estado do Rio de Janeiro.

Está prevista para a próxima semana, mas especificamente, na 4ª feira, uma reunião pública sobre o assunto. Vamos aguardar para ver o resultado da audiência, pois embora eles prometam que o novo aterro vai seguir os padrões ideais e de engenharia ambiental, a ocorrência de um aquífero deste porte é algo que induz a repensar se esta área, realmente, é a mais indicada para a implantação de tal empreedimento.

Caso o licenciamento seja concedido, o início das obras está previsto para o ano que vem (primeiro semestre), começando a operar em 2011.

Uma coisa é certa, as discussões a respeito de sua inplantação ainda vai durar muito tempo.

Um comentário:

Seropédicana disse...

Esse Aterro na Minha Cidadezinha
Tá Me Dando Vontade de Sair Correndo...
Seropédica já é Pequenininha ainda Vem e taca Uma mm...coisa Dessas.
Vejamos o Lado Positivo.Agora Teremos Um Ponto de Referência...
P.S:
Tentaram me Convenser que O LIxo Trará Empregos Para Seropédica...
O que?
Agentes de Reciclagem?
Boa...