segunda-feira, 30 de maio de 2016

29 de maio de 2016: Aniversário de 80 anos do IBGE


80 anos do IBGE
 Imagem capturada na Internet

 
Ontem, 29 de maio, além de ser comemorado o Dia do Geógrafo, um Órgão Federal ligado à área da Geociências e de pesquisas estatísticas fez aniversário. Trata-se do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que completou 80 anos.
 
Como aprendemos em sala de aula, a Demografia é uma área da Geografia que estuda a dinâmica da população humana. Dinâmica esta, que não se restringe apenas ao levantamento do número e sexo da população, mas também das condições de vida desta (indicadores sociais), sua movimentação (migrações), bem como questões ligadas ao setor produtivo em termos de População Economicamente Ativa (PEA) e População Economicamente Inativa (PEI), emprego e/ou desemprego.
 
O primeiro censo oficial do Brasil foi efetuado em 1872 sob o comando da Diretoria Geral de Estatística (DGE), instituída no ano anterior (1871) e que era subordinada ao Ministério de Negócios do Império Brasileiro. O levantamento da população contava, também, com os dados fornecidos pela Igreja (registros paroquiais) que auxiliava através do número de nascimentos, batismos, matrimônios e óbitos (mortes).
 
A Diretoria Geral de Estatística (DGE) passou também a catalogar esses registros quando da implantação da República, realizando mais três recenseamentos, nos anos de 1890, 1900 e 1920.
 
Em 1931, o DGE foi dissolvido e suas atribuições foram divididas entre os Ministérios.
 
No dia 6 de julho de 1934, por meio do Decreto n˚ 24.609, foi instituído o Instituto Nacional de Estatística (INE), mas a data oficial de sua regulamentação ocorreu em 29 de maio de 1936, data considerada como referência da criação do IBGE.
 
O Instituto Nacional de Estatística (INE) foi fundado por um grupo de estudiosos, liderado pelo estatístico, baiano, Mário Augusto Teixeira de Freitas, que aspiravam organizar os dados estatísticos em um único órgão centralizador.
 
 
 Mário Augusto Teixeira de Freitas (Fundador do IBGE)
Imagem capturada na Internet


Em 1937, pelo Decreto n. 1.527, foi criado o Conselho Brasileiro de Geografia (CBG), o qual foi integrado ao INE, no ano seguinte. Foi a partir da integração de ambos (CBG e INE) em um único Órgão, que o nome mudou para Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (Decreto-Lei n˚ 218, de 26 de janeiro de 1938).



 Wasmália Bivar (Atual Presidente do IBGE)
Imagem capturada na Internet



Quadro Resumido acerca do IBGE

. Data oficial de criação: 29 de maio de 1936;
. Nome Original (Antecessor): Instituto Nacional de Estatística (INE);
. Seu fundador: o estatístico, baiano, Mário Augusto Teixeira de Freitas;
. Data da mudança do nome para IBGE: 26 de janeiro de 1938 (Decreto-Lei n˚ 218);
. Atual Presidente: Wasmália Bivar;
. Atribuições: produção, análise, pesquisa e disseminação de informações a partir de Levantamentos Estatísticos demográficos, sociais e econômicos (Censos) e Geocientífica (geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental) na intenção de suprir órgãos das três instâncias de governo (Federal, Estadual e Municipal), bem como outras instituições e o público em geral;
. Recenseamento ou censo demográfico: Coleta periódica de dados estatísticos da população de um determinado lugar;
. Periodicidade dos Censos: decenal (de 10 em 10 anos);
. Ano do último Censo: 2010;
. Contagem da População: entre o intervalo de dois recenseamentos;
. Sede do IBGE: Rio de Janeiro (capital).
 
 
Para saber mais da história do IBGE, clique em Linha do Tempo.

Fontes de Pesquisa

. Agência Brasil: IBGE comemora 80 anos de fundação neste domingo (Cristina Índio do Brasil)

 . Portal do IBGE

. Material Didático particular.

. Wikipedia

Nenhum comentário: